4 tendências tecnológicas que vão impactar o mercado de saúde mental

*Por José Simões, cofundador do Zenklub, maior plataforma de saúde mental e desenvolvimento pessoal do Brasil

0

 Os impactos da pandemia da Covid-19 na saúde mental são diversos. Pensar que anos atrás, se estivéssemos em isolamento social, não seria possível ter sessões de terapia, que eram apenas presenciais, para lidar com todas as questões emocionais já inerentes e as novas causadas pelo período, é assustador.  Durante todos esses meses de quarentena, a tecnologia se mostrou uma grande aliada da saúde mental. Por meio da telemedicina ou também da terapia online muitas pessoas se beneficiaram e encontraram no atendimento remoto uma forma de lidar com desafios impostos por tempos difíceis. Acontece que a evolução da tecnologia tem um potencial ainda maior para impactar o mercado de saúde mental e contribuir cada vez mais com o desenvolvimento emocional de cada um de nós. Pensando nisso, listei abaixo algumas tendências tecnológicas que prometem transformar, para melhor, a forma como lidamos com nosso emocional:

1- Velocidade 5G:
Sabemos das dificuldades da democratização da internet no Brasil, mas a evolução da qualidade de rede e maior disponibilidade da tecnologia viabiliza a utilização de outras tecnologias mais avançadas que poderão revolucionar o cenário da saúde emocional. Imagine que você esteja passando por alguma dificuldade familiar e precise de um apoio imediato para falar sobre esses conflitos. Por meio da rede de alta velocidade será possível fazer um atendimento via celular de qualquer lugar em que estiver, por exemplo.

Além disso, a rede de alta velocidade abre possibilidade para utilização de reconhecimento facial e realidade virtual na terapia. Esses recursos serão importantes para garantir mais segurança e novos recursos para as sessões. Ao plugar um algoritmo é possível viabilizar uma tradução simultânea, por exemplo, permitindo que pessoas que não falam a mesma língua se comuniquem.

2- Linguagem:
Falando na questão da comunicação, outra tendência importante para o cenário do desenvolvimento pessoal e emocional está no campo da linguagem. A necessidade cada vez mais latente de inclusão, também vem criando tecnologias capazes de permitir a comunicação entre pessoas que inicialmente não se comunicariam.

O exemplo mais simples dessa tendência está no uso do audiovisual, de legendas e linguagem de sinais para atendimento de deficientes auditivos, com um feedback mais ágil e também mais assertivo.

3- Inteligência artificial  + dados = Personalização
Outro movimento de destaque no cenário da saúde emocional diz respeito à combinação de dados e uso de inteligência artificial. No caso da plataforma do Zenklub, por exemplo, com o levantamento de informações sobre o cliente (criptografadas, é claro), é possível transmitir conteúdos e orientações personalizadas para auxiliar na sua jornada emocional. Do ponto de vista do profissional de saúde,  é possível alimentá-lo com mais dados e informações do usuário, auxiliando-o na oferta de um tratamento muito mais personalizado e, consequentemente, mais eficiente. Por meio de inteligência artificial será possível gerar uma receita automática para um cliente para que ele desempenhe exercícios dentro de seu tratamento.

Muitas pessoas acreditam que o desenvolvimento pessoal e a melhoria da saúde emocional se dá apenas por meio de sessões com psicólogos ou terapeutas, mas existe uma infinidade de ferramentas que podem auxiliar as pessoas nessa jornada e tornar o cuidado com a saúde emocional algo presente no dia a dia, não apenas no momento de uma sessão.

4- Usuário no controle da experiência:
Por último, um outro passo da tecnologia no mercado de saúde mental está no desenvolvimento de ferramentas que possibilitem à pessoa se desenvolver nesse contexto por conta própria. É evidente que a ajuda de um profissional é primordial, mas algumas atividades não só podem como devem ser realizadas pelo próprio indivíduo,  trabalhando autoconhecimento e novas interações. Por meio de algoritmos é possível fazer uso de um diário emocional para sugerir conteúdos, exercícios, práticas direcionadas para aquele indivíduo, ajudando em sua jornada emocional e tornando essa  pessoa cada vez mais consciente de sua evolução.

Sobre o Zenklub
O Zenklub é a maior plataforma de saúde emocional e desenvolvimento pessoal do Brasil. Criado em 2016 pelo médico Rui Brandão e pelo Doutor em Computação e telecomunicações José Simões,  atualmente atende empresas em mais de 980 cidades e brasileiros em 124 países. A plataforma oferece sessões online com mais de mil psicólogos, psicanalistas, coaches e terapeutas, além de conteúdos em texto, áudio, vídeo e diversas outras ferramentas em seu aplicativo.  Hoje, o Zenklub impacta 1,5 milhão de pessoas por mês e mais de 230 empresas, entre elas Votorantim Energia, Natura,  Qualicorp, Tecnisa e Loggi.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui