5 ações de marketing digital obrigatórias para toda loja virtual

Publicidade

Por Roberto Camargo*

No comércio eletrônico, quando você abre uma loja virtual, ela fica solta em um universo gigantesco de concorrentes. E seus concorrentes não são apenas outras lojas, mas sim quaisquer sites que disputam com você um lugar na internet, seja de notícias, jogos, receitas, bate-papo ou qualquer outra coisa.

Por ordem de importância, sempre indico para toda nova loja virtual se destacar e começar seu marketing digital usando esta estratégia:

Publicidade

1 – SEO

É muito mais fácil pensar em SEO (otimização para motores de busca) durante o projeto da loja virtual, pois logo de início podemos verificar se as lojas que utilizam a plataforma que escolheu estão bem posicionadas no Google e se estão rápidas, abrindo as páginas em menos de 2,5 segundos, que é o que o Google recomenda.

O cadastro do produto é primordial para um bom posicionamento de sua página no Google e para isso é preciso seguir algumas dicas básicas:

  • Descrição completa: quanto mais descrever detalhes sobre o produto para o internauta, melhor ele vai decidir se sua necessidade será atendida e o Google vai entender melhor, podendo posicionar melhor o site na busca gratuita.
  • Metadescrição: faça um resumo estimulante sobre o produto e crie uma call to action que faça o internauta clicar e acessar seu produto, assim que ele vir sua página destacada nos resultados de pesquisa do Google.
  • Nome do produto: escreva o nome do produto conforme seu cliente o conhece, mesmo que seja diferente do nome “oficial”.
  • Imagens: use e abuse das imagens; quanto mais detalhes, melhor. Com boa qualidade mas baixo tamanho em kbytes,e ofereça zoom para que o internauta não tenha dúvidas sobre o que está comprando.

2 – Google Shopping

O Google oferece anúncios grátis para todas as lojas virtuais no Brasil, basta ter a descrição bem completa no cadastro do produto e estar dentro de uma boa categoria, com tamanhos, cores, todos os dados muito claros e uma plataforma de e-commerce que facilite essa integração com o Google Shopping.

Também existe a opção de pagar por anúncios e ter destaque, mas porque não já disponibilizar gratuitamente? Mesmo antes de fazer um planejamento de marketing digital para sua loja virtual, corra e faça já seu anúncio grátis!

3 – Anúncios pagos

São muitas as opções de anúncios pagos on-line. Por meio deles é possível determinar que somente certo público veja e acesse sua loja virtual e que você pague apenas para quem clicou e entrou.

As plataformas são diversas, entre elas estão: Rede de Pesquisa e Display do Google, Facebook Ads, Instagram Ads, LinkedIn Ads, YouTube Ads, etc.

4 – Remarketing

Nem sempre o internauta entra em sua loja virtual e finaliza o pedido. São vários os momentos de compra em que ele pode estar, então sua obrigação como lojista é fazê-lo não se esquecer de você. Isso é feito através de remarketing, com anúncios pagos aparecendo para ele em forma de banners onde quer que ele navegue na internet, ou em lembretes enviados por e-mail.

5 – E-mail marketing

Ainda é a forma mais barata de marketing digital para e-commerce. Mantenha um relacionamento com seu cliente, isto é, com quem já comprou com você e já te conhece. Não envie mensagens para bancos de dados de endereços comprados na internet, pois isso é SPAM e mais atrapalha do que ajuda.

Precisa otimizar os resultados de marketing? Não perca tempo, tenha ao seu lado a URL Business, agência especialista em marketing digital para loja virtual.

*Roberto Camargo é CEO da URL Business, professor de MBA, palestrante e consultor especialista em presença digital.

Publicidade

Artigos recentes

Notícias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui