Mais

    5 Tendências de Streaming no Brasil: como o setor está se preparando para o futuro e a migração dos usuários de TV a cabo

    Publicidade

    O isolamento causado pela Covid-19 provocou mudanças radicais na mídia. Tanto que as tendências indicam que o futuro do entretenimento está no streaming, a tecnologia que transmite qualquer tipo de conteúdo – em especial vídeo e áudio – sem a necessidade de download prévio, reduzindo assim os tempos de espera e capacidade de armazenamento.

    Por conta disso, as plataformas de streaming pagas e gratuitas cresceram em popularidade em comparação aos modelos tradicionais da TV paga. Segundo a ABTA (Associação Brasileira de TV por Assinatura), o Brasil tem 13,2 milhões de assinantes desse tipo de serviço, sendo 50,6% por antena, 39,3% por cabo e 10,1% por outros modos, incluindo o streaming.

    Publicidade

    O custo é um dos fatores principais, já que em alguns casos é mais vantajoso ao consumidor assinar as plataformas que deseja de acordo com o conteúdo, do que ter que contratar um pacote de TV a cabo.

    É por isso que o streaming tem se consolidado como um elemento fundamental de um negócio e dos criadores de conteúdo. Plataformas de acesso gratuito, como as que têm sido criadas pela TVCoins, empresa que fornece soluções de streaming focadas nos criadores de conteúdo através do desenvolvimento de apps sem investimento inicial e gratuito ao usuário, são o passo natural para alcançar uma exposição significativa para canais e programação.

     

    Publicidade

    Se você quer saber como fazer seu negócio de streaming ter sucesso, continue lendo para saber o que Gustavo Marra, Chief Revenue Officer da TVCoins, considera que são as últimas tendências:

    • AVOD (vídeo sob demanda baseado em publicidade) e FAST (TV gratuita suportada por anúncios) 

    O AVOD combina conteúdo gratuito e espaço publicitário, além de permitir que você escolha a programação. O FAST combina conteúdos gratuitos e espaço publicitário também, mas é conteúdo ao vivo, para que os espectadores assistam ao que está sendo transmitido no momento. Os modelos de assinatura podem, em breve, ser coisa do passado porque a acessibilidade das plataformas AVOD e FAST os ajudam a tornar uma opção mais atrativa.

    • CTV e dispositivos móveis

    Smartphones e tablets são o principal dispositivo de escolha para os usuários transmitirem convenientemente notícias e conteúdo curto. Mas os dispositivos CTV (televisão conectada) também estão se tornando cada vez mais populares, especialmente para conteúdo de formato longo, como eventos esportivos e shows.

    De acordo com estudo da FGV divulgado no primeiro semestre de 2022, o Brasil tem atualmente mais de um smartphone por habitante, sendo 242 milhões desses dispositivos em uso no país. A pesquisa mostra ainda que, ao adicionar notebooks e tablets, são ao todo 352 milhões de dispositivos portáteis no Brasil, o equivalente a 1,6 por pessoa.

    • Análise de dados acionáveis

    A análise de dados em tempo real é uma necessidade hoje em dia, para todos os provedores de conteúdo. Oferecer anúncios personalizados é uma chave para melhorar a experiência do usuário e otimizar a monetização do conteúdo.

    • Transmissão ao vivo e interação

    A transmissão ao vivo para o público estabelece uma conexão com os espectadores, criando um espaço de interação entre o criador do conteúdo e o público. A interação em tempo real por meio de chats ao vivo ou redes sociais permite que o público mergulhe no conteúdo.

    • Surgimento de novos nichos

    As audiências estão compostas por indivíduos com interesses e passatempos pessoais. O streaming tem permitido que os criadores de conteúdo foquem em preencher as lacunas com conteúdo específico para cada audiência.

    Essas 5 tendências de streaming enfatizam que os formatos podem abrir oportunidades para pequenas e médias empresas competirem com grandes conglomerados de mídia. E não apenas beneficia os criadores de conteúdo, mas também melhora a experiência do espectador.

    Publicidade

    Artigos recentes

    Notícias Relacionadas

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui