Curitiba App chega à segunda versão e já ultrapassa 40 mil usuários

De acordo com uma pesquisa divulgada pela Telebrasil, os smartphones são o principal meio de acesso à internet do brasileiro. O estudo revela que 97% do público navegam utilizando um aparelho celular, ou seja, cerca de 71 milhões de pessoas. Com o avanço do formato, prefeituras e demais órgãos públicos também têm atualizado os canais de comunicação com a população.

Curitiba é uma das cidades que aplica tecnologia na administração municipal. Em 2019, lançou o Curitiba App, primeiro aplicativo integrado de serviços para smartphones e tablets de uma capital brasileira. Desenvolvida pelo Instituto das Cidades Inteligentes (ICI), a ferramenta dá acesso a mais de 600 serviços da prefeitura, como alertas de chuva da Secretaria Municipal da Defesa Social, eventos e notícias do portal municipal.

Com o recente lançamento da versão 2.0, o Curitiba App incluiu a função IPTU (Imposto sobre Propriedade Predial e Territorial Urbana), que possibilita o acompanhamento da situação do imóvel, geração de boletos e acesso ao código de barras para pagamento do tributo.

O coordenador do projeto no ICI, Felipe Massardo, conta que a ferramenta lista automaticamente os imóveis vinculados ao CPF do usuário. “Também é possível cadastrar outros imóveis no aplicativo. Ao selecionar a opção de pagamento, o usuário pode escolher a forma de pagamento, à vista ou parcelado”, explica o coordenador.

Para Massardo, o objetivo foi aprimorar a usabilidade da ferramenta, além de integrar os serviços municipais. “A solução ficou muito mais intuitiva e fácil de navegar. Foi um desafio muito grande porque envolveu vários sistemas e integrações”, destaca.

Atualmente, o Curitiba App conta com mais de 40 mil usuários e a expectativa é que o número aumente ainda mais com as atualizações. Além do IPTU, há outras funcionalidades, como cartão transporte, horários e itinerários de ônibus, Armazém da Família, Nota Curitibana e integração com o serviço 156.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui