Aumento de vendas on-line impulsiona oportunidades para empresas de tecnologia

Publicidade

As relações de compra e venda foram modificadas pela pandemia. Uma pesquisa realizada pela Serasa Experian, no início de 2021, mostra que 73,4% dos micros, pequenos e médios empreendedores estão vendendo on-line durante a pandemia. Esse movimento trouxe novas necessidades, mas também oportunidades para empresas de tecnologia com foco em ferramentas que ajudem os negócios a se comunicarem com seus clientes de forma virtual.

São soluções como a Secretária Naty, uma plataforma que centraliza, organiza e facilita o atendimento ao cliente, principalmente via WhatsApp. “O WhatsApp se tornou a ferramenta essencial na vida do brasileiro. Se uma empresa atende por esse canal, ela precisa de organização, principalmente para que conversas não fiquem sem resposta. É necessário trazer performance e análise de dados, e é isso que nossa ferramenta faz”, explica Matheus Rodrigues Torrente, diretor de operações da empresa.

Criada pela empresa Wake Up Cobranças, com sede em Barra do Garças (MT), a Secretária Naty é utilizada principalmente pelos setores comercial e de marketing das empresas. A aplicação da ferramenta é modular e pode ser totalmente automatizada ou híbrida. “Hoje, o maior desafio é mostrar para as empresas que ainda não estão digitalizadas e que fazem muitos processos manuais que elas podem automatizar esses processos e que isso traz muitas facilidades”, acrescenta Matheus.

Publicidade

O aumento do número de atendimentos online também exigiu que empresas, que até então atuavam de forma tradicional, revissem sua atuação. Foi o caso da Makito, empresa fundada em Campo Mourão (PR), e que há 27 anos atua com foco em sistemas para gestão de lojas físicas. Eles desenvolveram o aplicativo Vendizap – uma vitrine virtual que busca descomplicar a venda por aplicativos de mensagens e redes sociais.

Com o Vendizap, o lojista pode cadastrar itens para venda com todas as informações necessárias e compartilhar via link para o cliente, que escolhe os produtos, o meio de pagamento e a forma de entrega. “É uma forma descomplicada para vender, onde não é necessário investimento em um sistema mais completo, como em um e-commerce tradicional. Atendemos especialmente pequenos e médios comerciantes, e a demanda está cada vez maior”, explica Luis Marcos Campos, fundador e CEO da Makito.

A equipe da empresa se utilizou do know-how de 27 anos no atendimento de comércios no formato tradicional, para chegar à solução. De acordo com Luis, é necessário que os empresários fiquem atentos às transformações do mercado. “Hoje, para a sobrevivência das empresas, é essencial que elas revisem suas políticas comerciais e processos, adicionando mais inovação. Sofremos o impacto da pandemia e estamos em um cenário que muda de forma veloz, é preciso que os empresários despertem para a necessidade urgente de buscar se adequar a essa nova realidade”, explica.

Melhorar o relacionamento de seus clientes por meio da Inteligência Artificial aplicada a chatbots é o negócio da chilena Chattigo, uma plataforma SaaS que integra os canais de comunicação de uma empresa em uma única plataforma, incluindo Facebook MessengerInstagramWhatsAppTelegrame-mail, TwitterTeams e SMS. A empresa valoriza o emprego de uma linguagem natural, analítica e humanizada.

“A pandemia acelerou a transformação digital que as empresas viviam no final de 2019. Durante o ano de 2020 a Chattigo participou de diversas iniciativas que levaram as empresas a focar na experiência do usuário”, destaca José Antonio Gatica, diretor de negócios empresa. A Chattigo possui mais de 450 empresas em seu portfólio e é utilizada em mais de 20 países, como Chile, Peru, Argentina, México, Colômbia, Espanha e agora o Brasil.

O que a Wake Up Cobranças, a Chattigoe a Makito também têm em comum, além da área de atuação, é que todas fazem parte do Programa de Residência para empresas do Biopark. “Ficamos impressionados com as proporções do Biopark. Nos sentimos honrados em fazer parte desse projeto e vemos como uma possibilidade de trazer mais aceleração e crescimento exponencial para nossa solução”, comenta Luis, da Makito.

Publicidade

Artigos recentes

Publicidade

Notícias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui