Mais

    Brand Storytelling: como contar histórias magnéticas para fortalecer sua marca

    As pessoas e as empresas sabem que compartilhar histórias dos negócios é uma forma relevante, confiável e eficaz de se conectar com clientes e engajar funcionários. A verdade é que todo mundo ama uma boa narrativa, mas nem todo mundo sabe como encontrar e contar uma história magnética.

    Para aplicar o Brand Storytelling na vida e nos negócios, a mestre em Gestão e Liderança e palestrante internacional Gabrielle Dolan, autora do livro Histórias Magnéticas (DVS Editora), explica que existem alguns estilos de narrativas capazes de não só passar uma mensagem, mas, de impactar e emocionar o receptor.

    “Ao acessar a aba Nossa História na grande maioria dos sites de empresa, você perceberá que, na verdade, não há nenhuma história lá. Geralmente é apenas um monte de fatos, estatísticas e datas ou palavras em excesso que só demonstram um vício em jargão corporativo”, reflete a especialista.

    Segundo ela, as histórias de marca são mais do que um vídeo corporativo instigante ou uma linha do tempo no site. Elas compreendem diferentes tipos de narrativas. Confira, abaixo, três tipos de histórias que você deve compartilhar com o público, sejam colaboradores ou clientes, para comunicar sua marca.

    1. Histórias de criação

    Explique como e por que sua organização começou.

    Até as maiores empresas do mundo começaram de algum lugar. Negócios relativamente jovens como Google, Facebook, Microsoft, Amazon e Apple, têm os fundadores desempenhando um papel importante na sua marca.

    Mesmo após a morte de Steve Jobs, ele ainda é uma parte essencial da marca da Apple.

    Se você acha que não tem uma história ou que ela não é tão interessante, repense e aceite o desafio de encontrá-la e compartilhá-la. Simplicidade e autenticidade dizem muito sobre uma empresa.

    1. Histórias de cultura

    Divulgue colaboradores que praticam os valores da empresa ou compartilhe o que esses valores significam para eles.

    Os valores da empresa precisam ser comunicados de tal forma que as pessoas entendam e se envolvam com eles.

    Existem dois tipos de histórias para comunicar sua cultura:

    – Histórias de conexão pessoal, que surgem da experiência pessoal (não relacionadas ao trabalho). Geralmente, os líderes as compartilham para comunicar o que os valores da empresa significam para eles, ajudando a equipe a criar uma conexão pessoal;

    – Histórias da prática de valores, que os líderes compartilham sobre como eles ou os funcionários praticam os valores, destacando atitudes que demonstram isso.

    1. Histórias de desafio

    Mostre como a organização respondeu a desafios internos e externos, grandes ou pequenos.

    Muitas vezes, há desafios nos negócios, sobretudo nos primeiros dias de luta, contratempos e inseguranças. Embora sejam muito poderosas, essas experiências não costumam ser compartilhadas, pois evidenciam nossa vulnerabilidade.

    No entanto, o incrível trabalho da professora pesquisadora norte-americana Brené Brown revela que demonstrar vulnerabilidade não é um sinal de fraqueza, mas um sinal de força e coragem.

    As histórias de desafio nem sempre precisam abordar a forma como os fundadores ou líderes superaram desafios internos. Elas também podem apresentar o modo como a empresa respondeu a um desafio externo; por exemplo. Muitas histórias incríveis surgiram como resultado do coronavírus.

    Todas as empresas enfrentam obstáculos, internos ou externos, significativos ou irrisórios, e todas respondem de maneira diferente. Mostrar como sua empresa pode responder a um desafio é uma experiência que conecta não apenas clientes, mas também colaboradores.

    Estas são apenas algumas das maneiras de contar histórias magnéticas que engajarão colaboradores e atrairão clientes. Ao implementar o Brand Storytelling de forma eficaz, é possível trilhar um caminho de confiança para criar mensagens poderosas sobre a sua empresa e, então, contá-las da maneira certa.

    Artigos recentes

    Notícias Relacionadas

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui