Busca por home equity cresce 62% no primeiro semestre, aponta balanço divulgado pela Pontte

Publicidade

Pontte, plataforma digital de crédito que teve mais de R$ 8,7 bilhões em solicitação de crédito em 2020, segue colaborando com a vida de muitos brasileiros. É o que aponta o balanço referente ao mês de junho deste ano.

No geral, os números da fintech são positivos. A busca pelo home equity, carro chefe da Pontte, cresceu 62% em relação ao primeiro semestre de 2020 para 2021 e a taxa de efetivação nesse período subiu 112%.

A fintech oferece diversos produtos voltados a crédito, em especial o home equity. Um levantamento da plataforma aponta os principais motivos pelos quais as pessoas procuraram a empresa em junho deste ano. Houve uma queda significativa na procura de crédito para abrir seu próprio negócio. Em maio representavam 16% e em junho passaram para 10%. Aos que solicitaram com o intuito de quitar dívidas, houve uma leve queda de 28% em maio para 27% em junho; os que buscavam investir em seu negócio também diminuíram 1% em relação ao mês anterior, passando a ser 19% das solicitações.

Publicidade

A maioria dos clientes da Pontte são pessoas físicas (79%) com tíquete médio de quase R $600 mil e, até o momento, neste ano foram solicitados mais de R $3,9 bilhões. A taxa de solicitações negadas é de 9%, um dos volumes mais baixos do histórico da fintech.

Atendendo a todo o território nacional, quase 80% dos clientes da Pontte estão em São Paulo, Minas Gerais (8,2%), seguido do Rio de Janeiro (2,4%).

“E economia tem demonstrado lentamente sinais de recuperação. As pessoas procurando menos crédito pode ser um sinal de melhora no bolso dos brasileiros. Porém, vemos um  movimento onde as pessoas querem saber mais sobre o Home Equity e começam a enxergá-lo como uma solução mais barata e prática de crédito para realizar metas e sonhos, o que é ótimo para o segmento. Um indício disso é que  o volume de busca cresceu significativamente no último semestre.”, afirma Roberta Souza, Head de Marketing  da Pontte.

Publicidade

Artigos recentes

Notícias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui