Com valor acessível, rede de franquias investe em expansão pelo interior de Goiás

0
Mr.Kids - Divulgação

Com case de sucesso em Goiânia e ponto negociado em principal shopping de Rio Verde, Mr.Kids busca franqueados na região

Seguindo os planos de expansão já traçados no começo do ano para o interior do Brasil, e agora atentos às novas demandas da população, que sofre com as consequências que a pandemia do novo coronavírus provoca mundo afora, o Mr. Kids tem se tornado uma opção para quem quer empreender sem precisar investir muito dinheiro. Com valor mais acessível, a rede com mais de 7 mil máquinas de vendas automáticas de brinquedos espalhadas por todo o Brasil, já tem um ponto negociado no principal shopping center da cidade, o Shopping Rio Verde.

Com um sistema simples de operação – é preciso que o franqueado apenas reponha os produtos, retire o dinheiro da máquina e a mantenha limpa, sem necessidade de contratar funcionários -, a rede está de olho nas cidades interioranas, com mais 100 mil habitantes. “Já temos um case de sucesso no estado de Goiás, que desde 2014 opera uma franquia nossa. Agora ampliamos nosso ponto de atuação e já temos negociado no Shopping Rio Verde, um local com excelente circulação de pessoas, especialmente famílias, que são o nosso público-alvo. Também estamos em negociação com outros malls, redes de varejo e centros comerciais em diversas cidades do estado”, afirma a Rodrigo Loredo, gerente de expansão da Mr. Kids.

“Já temos um ponto aprovado no principal shopping da cidade, um local com grande circulação de pessoas, principalmente famílias, que são o nosso público-alvo. Também estamos em negociação com outros malls, redes de varejo e centros comerciais no interior de Goiás”, afirma a Rodrigo Loredo, gerente de expansão da Mr. Kids.

Leia Também:

Com investimento inicial de apenas R$18,700, sem cobrança de royalties ou taxas de propaganda mensais, as vending machines da rede são uma opção para quem quer ser seu próprio chefe, e não pretende contratar funcionários ou abrir mão de outras atividades, como empregos formais, já que é possível conciliar as atuações. “Em troca de moedas de R$ 1,00 ou fichas próprias, a máquina entrega um brinquedo ao consumidor, de forma automática. É lúdico, as crianças gostam de inserir o dinheiro e esperar pela recompensa, por isso que o negócio faz tanto sucesso. Não é necessário investimento em propaganda, pois os produtos são coloridos e chamam a atenção por si mesmos”, finaliza Loredo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui