Como as empresas podem se adaptar a uma Black Friday baseada no uso de apps

Publicidade

Somente no último dia da Black Friday de 2020, o faturamento no e-commerce no país alcançou a impressionante marca de R$ 3,1 bilhões, com crescimento de 24,8% em relação ao ano anterior. O dado é da plataforma de dados E-commerce Brasil e revela um comportamento que deve se repetir esse ano.

A avaliação é de Leila Borges Guimarães, Country Manager da Adsmovil Brasil, empresa Ad Tech, é pioneira em inovação para publicidade digital na América Latina e nos Estados Unidos. “A pandemia ainda não acabou. E mesmo depois que ela acabar, entendo que muitos comportamentos vieram para ficar. Um deles, com certeza, é a preferência pela compra digital em detrimento da loja física, principalmente devido à comodidade que o meio traz, para pesquisar e comparar preços. Muitas pessoas que nunca haviam comprado online, descobriram estas facilidades e adotaram o novo hábito também em função da necessidade de encontrar preços mais baixos para seu cotidiano”, analisa.

Tal constatação da executiva é confirmada por outra pesquisa, dessa vez do Ipsos, a pedido do Google e divulgada na última quinta-feira, dia 28 de outubro, que ouviu 500 entrevistados. Os dados revelam que 64% dos brasileiros planejam comprar na próxima Black Friday. Neste ano, a data cairá no dia 26 de novembro, última sexta-feira do mês. “Além da questão do distanciamento físico que a pandemia nos trouxe, outro fator que será destaque na próxima edição é a situação financeira do brasileiro. As empresas precisarão estar atentas para conseguir que os clientes com pouco recurso também possam se beneficiar”, enfatiza Guimarães.

Publicidade

Perfil do consumidor

A pesquisa do Ipsos/Google indica que vestuário (62%) e celulares (40%) aparecem no topo da lista de preferência do brasileiro. “E quando falamos em celulares, temos que lembrar que junto com o aparelho veem a busca por aplicativos de entretenimento, como games. Esta é outra tendência. Cada dia mais o consumidor quer se divertir com seu smartphone”, afirma a Country Manager  da Adsmovil Brasil.

Outro levantamento que mostra a tendência de compra online do brasileiro foi realizado pela Adcolony e aponta que 77% dos brasileiros estão entretendo-se com jogos mobile. A pesquisa mostra, ainda, que a maioria dos brasileiros prefere jogar diariamente (59%) ou mais de uma vez na semana (28%) por meio do  smartphone e do tablet, enquanto outros jogam no computador pelo menos uma vez na semana (17%) e no mês (9%).

Publicidade

Artigos recentes

Notícias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui