Mais

    Como conseguir um empréstimo utilizando sua maquininha de cartão?

    Publicidade

    O empréstimo utilizando a maquininha de cartão foi uma modalidade estabelecida por lei durante a pandemia. Seu objetivo era ajudar os pequenos e médios empresários com a liberação de crédito. A iniciativa tinha data de validade: o fim de 2020.

    Porém, ainda hoje você pode encontrar várias opções de empréstimo utilizando sua maquininha de cartão no mercado. Ela já se estabeleceu como uma opção simples aos empreendedores.

    Publicidade

    Seu funcionamento é o seguinte: como empresário, você solicita o empréstimo à financeira que é responsável pela sua maquininha.

    Para que a liberação do crédito seja feita, você vai autorizar que a financeira comprometa seus recebíveis.

    Ou seja, os valores de venda com a maquininha do cartão. Um percentual dele será descontado daí para frente, como forma de pagamento do empréstimo que você fizer.

    Assim, você não vai precisar se preocupar com a parcela mensal, pois o desconto será automático.

    Publicidade

    Mas também por isso, é fundamental obter esse empréstimo apenas após fazer um bom planejamento. Você não poderá contar com os valores que serão descontados dos recebíveis. Então, sua empresa precisa estar preparada para se manter sem parte do ganho das vendas.

    Em resumo, obter o empréstimo com a maquininha de cartão funciona como um adiantamento dos seus ganhos com a máquina. A financeira libera para você os valores que você ainda vai vender e, quando de fato vende, os valores vão direto para ela. 

    Vale dizer que a financeira desconta apenas um percentual do ganho todo mês. Então, você ainda terá faturamento com a maquininha.

    Quem tem direito ao empréstimo? 

    Em tese, todo empreendedor pode pegar um empréstimo usando sua maquininha de cartão. Porém, cada financeira tem regras específicas, e é preciso atendê-las para conseguir o valor desejado.

    Por exemplo, costuma ser solicitado que o empreendedor tenha um volume de vendas mensal determinado para conseguir o empréstimo.

    Claro, essas vendas precisam ser feitas pela maquininha, para que a empresa tenha registro.

    Os bancos também costumam realizar a análise de crédito do usuário antes de liberar os valores.

    O Mercado Pago, por exemplo, exige que você tenha uma venda mensal de pelo menos R$ 100,00 por mês. Ele também vai avaliar seu histórico de crédito dos últimos seis meses antes de liberar os valores.

    Condições para conseguir 

    Além das regras de cada financeira, é importante que o empreendedor esteja adequado a certas condições para conseguir o empréstimo usando a máquina de cartão.

    Para começar, é preciso ser uma micro ou pequena coisa. Outra coisa importante é ter um CNPJ válido registrado.

    Também é necessário que os recebíveis da maquininha de cartão não estejam comprometidos com outro empréstimo prévio.

    Etapas para o pedido do empréstimo

    Para solicitar um empréstimo utilizando sua maquininha de cartão, é preciso pesquisar por empresas que oferecem a opção e verificar suas regras. Cada uma delas tem normas específicas, e é importante saber se você se encaixa nelas.

    Porém, existem condições que são comuns. Por exemplo, o valor máximo do empréstimo. Ele não deve ser mais do que o dobro da média mensal de recebíveis obtidos com a máquina de cartão.

    Imagine que sua máquina de cartão renda R$ 10 mil em vendas mensais, em média. Isso quer  dizer que o empréstimo que você poderá tomar será de, no máximo, R$ 20 mil.

    Para solicitar o empréstimo, você pode acessar o app da maquininha de cartão ou entrar em contato com a financeira responsável.

    Se forem liberados, os valores serão depositados na sua conta. Você poderá fazer o que desejar com o dinheiro pego emprestado.

    Na hora de pagar pelo crédito, é simples. O pagamento funciona pelo sistema de compensação. Ou seja, a empresa terá direito a um percentual das vendas que você fizer com a maquininha de cartão.

    É importante ter atenção ao percentual fixado e se lembrar  dele na hora de lidar com as contas da empresa. Você não poderá contar com o valor descontado; então, precisará se preparar para ter uma rentabilidade menor nos meses de  pagamento.

    Vantagens 

    Existem algumas vantagens interessantes em obter um empréstimo usando a máquina de cartão. Começando pela simplicidade da solução.

    Na hora de solicitar o empréstimo, você vai lidar com uma empresa com a qual você já tem relação. Afinal, você usa a maquininha dela. Assim, a aprovação do empréstimo tende a ser mais simples, mesmo que avalie fatores como seu faturamento e faça uma análise de crédito.

    Outro ponto é que o empréstimo com a maquininha pode garantir um bom valor de crédito. Ele pode alcançar o dobro das suas vendas, e se você tiver uma boa performance com a maquininha, esse pode ser um empréstimo bem alto.

    Além disso, desde que você se planeje, é fácil lidar com o pagamento das parcelas. Isso já que ele será automático, uma vez que a empresa vai receber um percentual das vendas que você fizer com a máquina.

    Quais empresas oferecem esse tipo de empréstimo?

    Várias empresas no mercado oferecem a opção de empréstimo com maquininha de cartão. Por exemplo, a Cielo, PagSeguro, Mercado Pago e GetNet.

    Assim, na hora de solicitar seu crédito, você pode conferir qual a financeira responsável pela sua maquininha e entrar em contato com ela.

    Essa é uma modalidade de crédito que tem se tornado comum, então é provável que sua maquininha ofereça a opção.

    Simulador de empréstimo 

    Na hora de fazer um empréstimo com a máquina de cartão, também vale a pena considerar outras opções.

    Mesmo que esse crédito seja simples e tenha vantagens, outras modalidades no mercado também têm.

    O crédito consignado, por exemplo, é uma opção barata de crédito. Assim como o refinanciamento de imóvel ou de carro

    Nesse último caso, você vai oferecer ao banco um bem como garantia e então vai receber o empréstimo do banco. Será preciso pagar as parcelas mensalmente mas, nesse meio tempo, o bem continua sendo seu, e você pode utilizá-lo normalmente.

    O banco só “toma” o imóvel ou outro em dado como garantia se as parcelas não forem pagas em dia. Essa é uma opção de crédito fácil de se conseguir e com taxas baixas, pois a garantia dá segurança à financeira.

    Para avaliar várias opções de crédito e escolher a melhor para você, vale a pena usar um simulador de empréstimo. Basta apresentar algumas informações, e você conseguirá ver várias ofertas e compará-las na tela.

    Publicidade

    Artigos recentes

    Notícias Relacionadas

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui