Como preparar as melhores estratégias de marketing para e-commerce

Publicidade

Por Vinicius Ribeiro*

Para os empreendedores que já vendem online, ou os que iniciaram recentemente, conhecer as estratégias de marketing para alavancar seu e-commerce é um passo fundamental. Entrar para o mundo online pode até parecer simples e fácil, devido ao crescimento acelerado do último ano, no entanto, a concorrência cada vez mais acirrada faz com que apenas os preparados e organizados consigam conquistar, fidelizar clientes e assim, atingir o sucesso. Isso só pode ser feito de uma maneira: aliando o marketing digital com as ferramentas certas. Este é o impulso inicial para crescer o negócio e obter resultados positivos.

Não posso dizer que há uma ‘receita de bolo’ específica para isso, pois existem muitas variáveis, como quais produtos serão ofertados, qual o público-alvo, qual região será atendida, entre outros pontos. Contudo, é possível estar sempre um passo à frente e conhecer as principais estratégias de marketing para e-commerce. O meu objetivo neste artigo é apresentar as dicas que funcionam, independentemente do nicho em que atua.

Publicidade

1 – Construa uma forte presença nas redes sociais – Isso deve ser feito pensando muito mais na qualidade do que na quantidade de perfis utilizados. Desta forma, o ideal é identificar quais as principais redes que seu cliente está presente e focar nelas, pois estar em lugares onde sua marca não vai ser reproduzida é uma grande perda de tempo. Para saber onde o seu conteúdo melhor se adapta e impactar o seu público-alvo, é importante se ater a um estudo da plataforma. Sua meta naquela rede é atrair pessoas para que conheçam sua marca? Engajar com seu público ou aumentar a conversão de suas vendas? Após responder essas perguntas, você já pode focar na sua estratégia de conteúdo e no tom de voz que irá utilizar.

2 – Pense fora da caixa – Fazer publicações em blogs, postar no Instagram e anunciar no Google ou Facebook são ações comumente realizadas pela maioria das empresas e lojas virtuais. Por isso, para se diferenciar dos concorrentes é importante pensar diferente e ir além. Uma ideia é trabalhar com os influenciadores digitais que, por meio dos publiposts, apresentam o produto ou serviço como uma recomendação para um ‘amigo’, que são os seus seguidores. Os influenciadores atrelam a sua credibilidade à empresa que estão divulgando. Caso você esteja começando, uma ideia é trabalhar com os micros e nano influenciadores, pois são eles que conseguem atacar nichos mais específicos e possuem grande poder de divulgação e conversão, afinal, são autoridades no segmento.

3 – Segmente o seu público-alvo – Dentro de um e-commerce, é muito comum vender vários produtos, dos quais alguns deles estejam focados em determinados públicos e outros sejam mais comprados por um consumidor similar ou até mesmo completamente diferente. Baseado em dados, você pode entender qual o perfil de pessoa que mais compra seus produtos e fazer uma comunicação específica, seja por meio de anúncios, ou posts dentro de plataformas, como o Google Ads e o Facebook Ads. Assim, é possível traçar uma comunicação, por exemplo, para sua lista de clientes, lista de leads, pessoas que visitaram sua página, entre outros. Do mesmo modo, é possível criar anúncios direcionados para consumidores que já interagiram com a marca anteriormente. Com isso, você vai conseguir falar especificamente para aquela persona, com uma comunicação mais personalizada e fazer com que o seu cliente sinta que aquele post ou anúncio foi feito para ele, aumentando a sua taxa de conversão.

4 – Crie conteúdos com potencial para viralizar – Para atingir esse objetivo, é necessário estudar e entender o que a concorrência não está fazendo e pensar além do que já é feito no mercado. Contudo, isso não necessariamente precisa ser complexo. É possível, por exemplo, construir um bom conteúdo rico (seja ele um ebook, uma calculadora, planilha ou qualquer tipo de ferramenta atrativa), com uma landing page bem estruturada, e divulgá-lo nas suas redes sociais e por meio de anúncios. Se o conteúdo dele for muito bom, relevante para a sua persona e não existir algo similar ou tão profundo quanto o seu material disponível de maneira gratuita, há uma grande chance dele viralizar, se atingir a persona certa.

5 – Bullseye Framework – Essa é uma estratégia que reúne as principais formas de alcançar um cliente. A metodologia funciona da seguinte maneira: o primeiro passo é definir seis canais para testar por um determinado período de tempo entre todos os disponíveis no mercado; depois, à medida que obter os primeiros resultados, você conseguirá entender quais ainda fazem sentido e quais não fazem e assim definir seus três principais canais de tração; por último, o ideal para não se perder é estipular metas e identificar que alguns canais, como o SEO, funcionam a médio e longo prazo. A partir disso, será possível definir quais canais de aquisição de clientes mais funcionam para a sua empresa e quais você ainda não testou.

6 – Ferramenta para recuperação de carrinho de compra – Em alguns e-commerces, o gargalo pode estar acontecendo na última etapa de compras, quando o cliente coloca tudo no carrinho, mas não fecha o pedido por algum motivo. Dessa forma, utilizar uma ferramenta para recuperação de carrinho abandonado é essencial para converter esses leads perdidos. Dentro dessa lógica, é possível re-impactar esse público com anúncios que resolvam uma possível objeção que tenha levado a desistência. O problema foi o preço do produto? Comunique uma promoção com um cupom de desconto! Foi o frete? Rode uma campanha que anuncie frete grátis, caso ela esteja acontecendo no seu site.  É muito importante que você entenda a jornada do cliente para comprar um produto no seu site e identifique quais são os potenciais gargalos que estão ocorrendo.

E como dica extra: faça uma análise do funil de vendas, da taxa de conversão e indicadores como por exemplo, seu custo de aquisição, retorno sobre o investimento e seu LTV (Lifetime value ou valor vitalício no português). Com esses tópicos bem definidos, sem dúvidas você conseguirá fazer ações para otimizar a aquisição de clientes e converter mais leads em vendas.

*Vinicius Ribeiro é Gerente de Marketing do Magis5, Hub de Integração e Automação para vender em Marketplaces

Publicidade

Artigos recentes

Notícias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui