Confira as tendências de benefícios corporativos para 2021

0

Os benefícios corporativos têm sido adotados como estratégia pelas empresas não apenas para diminuir a rotatividade de funcionários – o famoso turnover -, mas para aumentar a quantidade de talentos em seu corpo de colaboradores. Empresas que oferecem vantagens têm vagas competitivas; vagas competitivas, por sua vez, atraem pessoas muito acima da média.

Um dos benefícios mais buscados pelos profissionais tem sido a previdência empresarial, especialmente após a Reforma da Previdência. 

Com essa “ajuda extra”, os colaboradores sentem-se mais preparados para o futuro, diminuem a necessidade de buscar outras formas de renda (o que pode prejudicar a produtividade) e não passam por estresse financeiro.

Para as empresas, trata-se também de um grande negócio: elas recebem benefícios fiscais e podem escolher o tipo de plano de previdência que preferem. Há planos em que a colaboração da empresa é parcial, assim como há planos em que ela apenas faz a ponte entre a instituição financeira e o trabalhador.

Mesmo nos planos onde não há match por parte da empresa, ainda é um benefício vantajoso para o trabalhador: uma vez que o valor da mensalidade do plano de previdência privada é descontado automaticamente da folha de pagamento, não há risco do dinheiro que deveria ser investido ir para outro fim.

Este é o primeiro benefício corporativo que está em alta para 2021 e para os anos que vierem depois (uma vez que não se trata de tendência passageira!). Além disso, podemos citar outros, como:

Home office

Por conta da pandemia do novo coronavírus, que fez com que muitos trabalhadores fossem impossibilitados de frequentar o seu ambiente laboral, diversas empresas resolveram optar pelo home office, o esquema de trabalho remoto que já era bastante utilizado no exterior e que já despontava como uma promessa.

Um ano depois do primeiro impacto do vírus em terras brasileiras, o home office se tornou desejado e querido: para as empresas, trata-se de um esquema de trabalho que é econômico, visto que o trabalhador não precisa deslocar-se até um local específico; para os colaboradores, as vantagens estão atreladas à maior qualidade de vida.

Quem trabalha de casa pode dormir um pouco mais, já que não precisa enfrentar o trânsito da cidade grande. O tempo economizado, por sua vez, pode ser destinado a outras atividades de interesse, como estudos noturnos, passeios com a família e amigos, happy hours, prática de atividade física ou descanso.

Vale-academia

Aproveitando o gancho do parágrafo anterior: academias e outros espaços voltados para a prática de atividades físicas e esportes são extremamente importantes para o bem-estar, a longevidade e a saúde mental do trabalhador.

Pessoas sedentárias, em especial aquelas que têm o costume de ficar muito tempo sentadas por conta da natureza de seu trabalho, também estão mais suscetíveis a quadros de estresse, ansiedade ou depressão.

O exercício, como sabemos, está ligado não apenas à melhorias na disposição e na energia de uma pessoa, mas na diminuição de quadros de sofrimento mental. Quem tem o costume de correr, dançar, nadar ou malhar tem maior chance de passar bem por uma série de situações cansativas ou emocionalmente impactantes.

Por meio do vale-academia ou de parcerias com espaços de dança, yoga, lutas e afins, as empresas permitem ao funcionário que dedique um pouco do seu tempo a si mesmo, melhorando o seu corpo e a sua cabeça – o que, não vamos esquecer, também ajuda na produtividade!

Bolsas de estudo

Empresas que investem em especializações, como cursos de idioma ou pós-graduações, tendem a manter por perto pessoas de grande talento e inovação, que podem gerar mudanças significativas na companhia a curto e longo prazo.

Fornecer bolsas de estudos para funcionários de excelência é uma forma de motivá-los, é claro, além de preparar pessoas para assumirem posições de liderança ou de destaque dentro de uma companhia.

Convém dizer que aqueles que receberam tal investimento têm maior possibilidade de permanecer na companhia.

Parcerias com instituições e estabelecimentos

Por fim, as empresas podem, por meio de questionários, perguntar aos funcionários acerca de suas demandas. Desta forma, é possível saber quais são as vantagens mais desejadas.

Nos últimos tempos, com a preocupação com a saúde mental, as empresas têm investido em dias específicos para gerenciamento de estresse, com workshops de meditação mindfulness, quick massages, yoga e similares. Além disso, existe a possibilidade de fazer parcerias com espaços de psicologia.

Num sentido mais amplo, parcerias com creches também têm chamado a atenção dos funcionários, uma vez que nem todos têm como deixar os seus filhos com familiares e os gastos integrais com creches podem ser também muito altos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui