Cooperação entre Brasil e União Europeia promove internacionalização de MPMEs de TI

Publicidade

Fomentar a internacionalização de micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) brasileiras do segmento de Tecnologia da Informação (TI) que desejam exportar seus produtos e serviços. Este é o objetivo principal de uma cooperação firmada entre a Associação das Empresas de Tecnologia da Informação no Paraná (Assespro-Paraná) com o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict) e a rede Enterprise Europe Network (EEN).

A Enterprise Europe Network é um programa da União Europeia, criado em 2008, com o objetivo de apoiar a internacionalização de empresas em mais de 60 países. No Brasil, a EEN é gerenciada pelo Ibict, unidade de pesquisa ligada ao Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovações (MCTI), com o apoio de outros parceiros do consórcio.

A parceria da Assespro-Paraná e a EEN foi estabelecida em 2016, com os objetivos de promover o engajamento de empresas brasileiras em atividades de cooperação internacional, disseminar oportunidades de parcerias internacionais para todas as empresas associadas da Assespro-Paraná e incentivar empresas a publicar o perfil de seus projetos/produtos no banco de oportunidades da rede.

Publicidade

A partir de agora, a parceria entra em um novo estágio, com a inauguração de novos procedimentos e ferramentas para networking de modo on-line. A EEN possui uma plataforma voltada para parcerias entre as empresas dos países-membros, com chamadas para oportunidades de negócios. Além disso, promove rodadas de negócios internacionais voltadas para inovação. A Assespro-Paraná vai apoiar a avaliação e a promoção de empresas brasileiras nesses processos.

A diretora do Ibict, Cecília Leite, ressalta que a atuação da Assespro-Paraná será decisiva para mobilizar as empresas de TI, do Paraná e de todo o Brasil, a se integrarem à rede EEN. “Há uma plataforma, on-line, que viabiliza a conexão entre as empresas e as oportunidades de negócios. A Assespro-Paraná ajudará a validar os perfis das empresas brasileiras que são publicados dentro da rede, e a fazer essa promoção, tornando ainda mais eficaz o processo de internacionalização”, ressalta Cecília Leite.

Para o diretor presidente da Assespro-Paraná, Adriano Krzyuy, a parceria mostra que a internacionalização é um passo que pode ser dado por empresas das mais variadas atividades e portes. Além de ser, acrescenta, importante para a consolidação das organizações e promoção de um ambiente sustentável de negócios.

“Essa parceria promove o engajamento das empresas de TI brasileiras em atividades de cooperação internacional. Especialmente para as empresas associadas à Assespro-Paraná, é um suporte fundamental”, destaca Adriano Krzyuy.

As empresas interessadas podem aproveitar, ainda, o “balcão de oportunidades”, realizado periodicamente pela rede EEN, em que são feitas ofertas e demandas de negócios. Há transferência de tecnologia e triangulação com a Associação Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial, a Embrapii, e agências de inovação de outros países. “Só neste ano, tivemos seis chamadas de países como Suíça, Suécia, Finlândia e Israel”, informa Cecília Leite.

Até o momento, foram contabilizadas 10 mil oportunidades, como pontua o pesquisador e consultor do Ibict, Márcio Canedo. “Assistimos às empresas tanto na publicação do perfil [na plataforma] como na divulgação desses perfis junto aos demais países integrantes da rede”.

Publicidade

Artigos recentes

Notícias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui