Fomentar a internacionalização de micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) brasileiras do segmento de Tecnologia da Informação (TI) que desejam exportar seus produtos e serviços. Este é o objetivo principal de uma cooperação firmada entre a Associação das Empresas de Tecnologia da Informação no Paraná (Assespro-Paraná) com o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict) e a rede Enterprise Europe Network (EEN).

A Enterprise Europe Network é um programa da União Europeia, criado em 2008, com o objetivo de apoiar a internacionalização de empresas em mais de 60 países. No Brasil, a EEN é gerenciada pelo Ibict, unidade de pesquisa ligada ao Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovações (MCTI), com o apoio de outros parceiros do consórcio.

A parceria da Assespro-Paraná e a EEN foi estabelecida em 2016, com os objetivos de promover o engajamento de empresas brasileiras em atividades de cooperação internacional, disseminar oportunidades de parcerias internacionais para todas as empresas associadas da Assespro-Paraná e incentivar empresas a publicar o perfil de seus projetos/produtos no banco de oportunidades da rede.

A partir de agora, a parceria entra em um novo estágio, com a inauguração de novos procedimentos e ferramentas para networking de modo on-line. A EEN possui uma plataforma voltada para parcerias entre as empresas dos países-membros, com chamadas para oportunidades de negócios. Além disso, promove rodadas de negócios internacionais voltadas para inovação. A Assespro-Paraná vai apoiar a avaliação e a promoção de empresas brasileiras nesses processos.

A diretora do Ibict, Cecília Leite, ressalta que a atuação da Assespro-Paraná será decisiva para mobilizar as empresas de TI, do Paraná e de todo o Brasil, a se integrarem à rede EEN. “Há uma plataforma, on-line, que viabiliza a conexão entre as empresas e as oportunidades de negócios. A Assespro-Paraná ajudará a validar os perfis das empresas brasileiras que são publicados dentro da rede, e a fazer essa promoção, tornando ainda mais eficaz o processo de internacionalização”, ressalta Cecília Leite.

Para o diretor presidente da Assespro-Paraná, Adriano Krzyuy, a parceria mostra que a internacionalização é um passo que pode ser dado por empresas das mais variadas atividades e portes. Além de ser, acrescenta, importante para a consolidação das organizações e promoção de um ambiente sustentável de negócios.

“Essa parceria promove o engajamento das empresas de TI brasileiras em atividades de cooperação internacional. Especialmente para as empresas associadas à Assespro-Paraná, é um suporte fundamental”, destaca Adriano Krzyuy.

As empresas interessadas podem aproveitar, ainda, o “balcão de oportunidades”, realizado periodicamente pela rede EEN, em que são feitas ofertas e demandas de negócios. Há transferência de tecnologia e triangulação com a Associação Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial, a Embrapii, e agências de inovação de outros países. “Só neste ano, tivemos seis chamadas de países como Suíça, Suécia, Finlândia e Israel”, informa Cecília Leite.

Até o momento, foram contabilizadas 10 mil oportunidades, como pontua o pesquisador e consultor do Ibict, Márcio Canedo. “Assistimos às empresas tanto na publicação do perfil [na plataforma] como na divulgação desses perfis junto aos demais países integrantes da rede”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui