terça-feira , 16 abril 2024
Foto/Pixabay
Ínicio Internet Elevada do consumo digital já mostra novas tendência de negócios. Aproveite!
InternetRedes Sociais

Elevada do consumo digital já mostra novas tendência de negócios. Aproveite!

1.2k
Compartilhe

por Aline Wolff, especialista em marketing e imprensa

É manchete nesta semana: Google, Facebook e XP Investimentos vão manter opção de trabalho home office no pós-pandemia. O modo de trabalho e de negociar produtos e serviços está em mudança acelerada na mesma velocidade dos prejuízos econômicos que alastram o mercado nacional. São perdas mercadológicas, de um lado, e oportunidades, de outro. O que vale agora é a máxima de que, na crise, gestor: “cri$e”.

Menor produção, menor crescimento econômico… Se profissionais estão em casa baixando a produtividade da indústria do consumo, o desespero deprime a sociedade junto com o desemprego. Fica, logo, o aprendizado das modernas literaturas de Administração e Recursos Humanos já aplicados por profissionais e líderes inovadores que estão testando e validando a gestão humanizada calcada em resultados de produtividade no lugar de tempo comprado por produção.

Leia Também: Livro sobre “empreendedorismo raiz” é um dos mais vendidos do Brasil

O Covid-19 está proporcionando um “sacode” em todas as áreas sociais, políticas e econômicas. Gestores vão, sim ou sim, aderir às mudanças para sobreviverem. Quanto mais rápido melhor!

Se o consumo e a produção de produtos e serviços vão obrigatoriamente impulsionar ao hábito das relações digitais – durante um ano inteiro – significa que em 2021 o mercado terá os melhores profissionais já atuando na cultura home office com a difícil possibilidade de que no futuro abram mão deste meio de trabalho. Inevitável é que o formato da entrega de resultados mudou drasticamente de janeiro para cá e vai ficar.

Acompanhe: pesquisa do Mercado Live registra um comportamento de compra dos brasileiros no site 29% superior, neste momento, em relação a igual período do ano passado. Também revela que 7 em cada 10 brasileiros que entraram no ambiente de compra online neste período de Covid-19 seguirão com os hábitos no pós-pandemia.

E mais: novos consumidores no Mercado Livre estão levando 12 dias para efetivarem as suas compras. Antes da pandemia eram 17 dias. Consumidores freqüentes no Mercado Livre estão realizando compras a cada 24 dias, ante 79.

Agora veja… Compradores esporádicos estão comprando a cada 29 dias neste período, ante 268 convencionalmente comprovados.

Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Conteúdo Relacionado

Descubra 4 práticas básicas de segurança recomendadas para evitar invasão hacker em aplicativos móveis

É seguro dizer que todos os consumidores e funcionários utilizam e dependem...

Confira 6 dicas para não cair em golpes e evitar prejuízos em compras pelo Whatsapp

Mais do que uma rede social, hoje, o Whatsapp é considerado uma...

5 dicas infalíveis para alavancar suas vendas com campanhas online e offline

Encontrar maneiras de impulsionar suas vendas faz parte do sucesso de qualquer...

Privacidade e Segurança em Questão: Uma Avaliação do WhatsApp GB em Comparação com o Aplicativo Oficial

O advento da tecnologia digital trouxe consigo uma série de benefícios para...