Empresa lançada na pandemia pretende alavancar negócios vulneráveis

0

B.done irá trabalhar com startups, empresas de tecnologia e serviços de médio porte

 Num momento em que empresas de diversos setores estão cortando custos e colaboradores, a B.Done entra no mercado para apoiar as empresas a estruturarem e alavancarem suas estratégias de aquisição de receita, passando por marketing, vendas e canais. “Nosso foco inicial são startups, empresas de tecnologia e serviços. São modelos com potencial de crescer em meio à pandemia de Covid-19 e, em sua maioria, são detentoras das principais soluções que precisaremos para reaquecer a economia”, diz Carine Morandi, uma das fundadoras da empresa.

O como fazer isso é o diferencial da B.done. Muito além da metodologia proprietária desenvolvida pela B.done para construir a melhor estratégia de receita para cada modelo de negócio, a empresa funciona como um hub de conexão dos clientes a uma comunidade de parceiros – que incluem desde agências, desenvolvedores e até ferramentas tecnológicas –  a fim de garantir em nível estratégico, tático e operacional a jornada de receita (termo que se refere a repensar o modelo de aquisição de clientes de uma empresa e exponenciar as oportunidades de geração de negócios que esta pode explorar para acelerar o seu crescimento.)

“Estratégia de receita em si não é algo novo, uma empresa nasce para gerar lucro, a novidade aqui é o cenário de crise, que no passado também foi responsável por criar muitos dos negócios que conhecemos atualmente. O desafio que temos como negócio, é incluir no desenho das novas estratégias de receita o novo hábito de consumo digital, a nova dinâmica do home office e a acessibilidade da tecnologia como insumos para construir as novas jornadas de marketing, vendas e canais dos negócios do futuro. Queremos ajudar as empresas a enxergarem novas oportunidades em meio ao caos”, diz Carine.

Para ela, empresas que adotam uma cultura mais corajosa neste cenário, propiciam um ambiente de embate para discussões valorosas, criam estratégias disruptivas e dão espaço para seus profissionais assumirem mais riscos nas suas posições. “Em tese significa que empresas corajosas desenvolvem uma cultura de confiança e respeito entre as pessoas, fomentam o aprendizado contínuo com as falhas, aprendem mais rápido e, consequentemente, constroem um ambiente para atrair e reter os melhores e mais audaciosos talentos”, afirma Carine.

Leia Também:

O profissional do futuro: o desafio das empresas em atrair e reter talentos

 Qual o segredo de ex-atletas que conquistaram sucesso no empreendedorismo?

Na B.Done, a liderança é compartilhada por três mulheres. A founder Carine Morandi, mestre em internacionalização de empresas, conta com uma sólida carreira na liderança de operações de vendas e canais em empresas de tecnologia e serviços como Resultados Digitais e Today.ag. A co-founder Débora Brauhardt é especialista em Criatividade e Inovação, com mais de 12 anos de carreira em estratégias de negócios, marketing, customer success, gestão e internacionalização em empresas como Parque Tecnológico Itaipu, Resultados Digitais e Octadesk. Já a Juliana Verna, também co-founder, completa o time como especialista em Marketing Digital, somando mais 10 anos de experiência dedicado a desenvolvimento de negócios, estratégias de prospecção e ABM em agências digitais e empresas como QuintoAndar e Bradesco.

A B.done, está atuando fortemente como estrategista na geração de demanda, e já conta com projetos como o Great Place to Work, a Engaje! Comunicação, a Folhetim, a React, a MMova, a Gsaúde e a Evolux, e em negociação com algumas outras startups e agências.

“Não estamos focados em ter um grande número de clientes, mas discutir projeto a projeto para desenhar as estratégias de receitas aderentes a cada modelo de negócio, para serem uma estruturada e acelerada jornada de crescimento da empresa. Estamos atuando com projeto incríveis e negociando alguns que aspiramos trazer para a B.done nas próxima semanas. Planejamos entregar cases significativos para o mercado ainda em 2020”, conclui Carine.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui