Entenda a segurança por trás dos bancos digitais

Publicidade

Eles tiveram, em maio deste ano, quase três vezes mais downloads que os bancos tradicionais, são mais práticos, têm taxas atrativas, mas ainda há quem duvide da segurança dos bancos digitais. Pesquisa recente mostrou que essa dúvida é o motivo pelo qual muita gente não se rendeu à praticidade dos digitais.

O que muitos não sabem é que a segurança é praticamente a mesma que a de um banco tradicional.

administrador com foco em economia, banco digital e fintechs Marcelo Pereira afirma que não há diferença entre o sistema de segurança de um banco digital para um tradicional. “Todos seguem regras estabelecidas pelo Banco Central do Brasil e obedecem à LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais), sob risco de serem penalizados caso descumpram algum ponto previsto”, explica.

Publicidade

Segundo o especialista, o sistema é totalmente seguro, mesmo sendo utilizado pelos celulares ou pelos computadores. “Muitos têm medo de vazamento de dados, mas esse risco não existe, o dado só vai vazar se a própria pessoa passar suas informações fora do aplicativo ou fora da plataforma oficial da instituição”, afirma Pereira.

O administrador acrescenta que os sistemas estão evoluindo cada vez mais para evitar inclusive os ataques hackers.

Desconfiança

A dúvida sobre a segurança, segundo a pesquisa da MUV em parceria com a Power-Fi, agências de marketing e publicidade, é mais frequente entre o público das classes C, D e E. De acordo com o levantamento, 55% das pessoas entrevistadas (majoritariamente de baixa renda) disseram que não utilizam bancos pelo celular. Dentre os motivos, 82% apontaram que não confiam nesse formato.

Mesmo dentre os usuários de bancos digitais, muitos ainda têm receio de manter todo o seu dinheiro em uma conta digital e acabam também utilizando os bancos tradicionais para dividir suas economias entre eles.

Mas, segundo Marcelo Pereira, você pode sim manter todo o seu dinheiro somente em uma conta digital, que não há riscos de perdê-lo. “E mesmo que o banco venha a falir, por exemplo, seguindo as regras do Banco Central do Brasil, você conseguirá resgatar o valor guardado ali em uma outra instituição bancária que será indicada”, informa.

O Fundo Garantidor de Crédito (FGC) ressarce o cliente em até R$ 250 mil em caso de falência do banco.

Como saber se uma conta digital é segura?

Caso haja dúvida quanto à segurança de uma conta digital, o especialista aconselha realizar pesquisas na internet sobre a reputação da empresa e conferir se ela tem cadastro no Bacen. “O Banco Central do Brasil possui uma relação de instituições em funcionamento no país. Esse é um indicativo de que a instituição é séria e segue as regras do mercado”, conclui.

Popularidade

Uma pesquisa do Bank of America, que acompanha dados da Apple Store e Google Play, revelou que em maio de 2021 os bancos digitais tiveram 20,880 milhões de downloads, uma alta de 2,3% em relação a abril.

Segundo o levantamento, entre os bancos tradicionais, os downloads totalizaram 7,451 milhões no mesmo mês, uma queda mensal de 8,7%.

Publicidade

Artigos recentes

Publicidade

Notícias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui