Mais

    Instagram prepara as principais tendências da plataforma para o ano de 2023

    Publicidade

    Recentemente, o Instagram publicou o seu Relatório de Tendências para 2023. Um guia baseado em dados da própria plataforma com o intuito de identificar as principais intenções sociais e culturais mostradas pelos usuários da rede social.

    Para Samuel Pereira, especialista em tráfego digital, empresário, investidor e fundador da SDA Holding, prestar atenção nesses dados é importante para entender o comportamento de consumo dos internautas dentro e fora das redes. “Quando um gestor tenta entender como o público se comporta perante as mais diversas situações, ele está buscando o crescimento e o desenvolvimento do seu negócio através de ações mais assertivas e eficientes”, revela.

    Publicidade

     A principal tendência dentro do Instagram no ano de 2023 será o apoio a causas de cunho social. “É notável que a Geração Z é mais consciente sobre questões sociais e por isso defendem ações mais inclusivas. Para eles, comprar em empresas que possuem essa mentalidade e que se comprometem a combater o racismo e a homofobia, por exemplo, é fundamental para fomentar um mundo com mais harmonia entre as pessoas”, declara.

    O relatório do Instagram aponta, ainda, que três em cada quatro usuários da Geração Z seguem um influenciador digital que é portador de algum tipo de necessidade especial. Esse movimento foi identificado pela plataforma anos atrás, quando implantou uma série de recursos relacionados à acessibilidade em seu aplicativo.

    Para o especialista, apostar em grandes nomes da internet e colocar o foco das ações em determinadas comunidades é algo fundamental nos dias de hoje. “Muitos usuários acompanham a rotina de influenciadores digitais. Por isso, essas pessoas participam de comunidades onde criadores de conteúdos falam e vivenciam interesses em comum com os seus. Uma empresa pode ampliar suas atividades nas mídias sociais ao realizar parcerias com esses profissionais, que poderão aparecer em publicações no feed ou nos stories do Instagram, trazendo um público específico para esses posts”, pontua.

    Considerada uma realidade cada vez mais explorada, a compra dentro das próprias redes sociais já é um sucesso entre os consumidores. “O Instagram ainda não desenvolveu um recurso próprio para o social commerce, sendo necessário uma integração com o facebook para efetuar esse tipo de operação. No entanto, em 2022, a plataforma disponibilizou a possibilidade de compra por chat para usuários dos Estados Unidos, o que pode ser um teste para analisar o comportamento do público antes de uma implementação total desse tipo de solução”, declara Samuel.

    Publicidade

    As novas tecnologias a serviço das redes sociais

    De acordo com o fundador da SDA Holding, o metaverso estará cada vez mais presente na relação entre empresas e consumidores em plataformas como o Instagram. “Em 2022, o avatar da plataforma foi liberado para todos os usuários da rede social e integrado com outros apps da Meta como o Facebook, WhatsApp e o Messenger. Promover o uso de avatares únicos como uma forma de identidade digital incentiva mais pessoas a se envolverem com seus personagens virtuais, algo fundamental na interação dentro do metaverso. A Geração Z quer construir novos mundos para expressar suas particularidades e incentivar a igualdade em espaços digitais. Eles querem avatares que reflitam os diversos tipos de corpo, roupas e tons de pele para estarem devidamente representados nesse novo universo virtual”, relata.

    Embora o termo “Inteligência Artificial” assuste algumas pessoas, a tecnologia é fundamental para uma melhor distribuição de conteúdo na timeline dos usuários. “O algoritmo do Instagram é um grande ponto de polêmica, já que a IA da plataforma é uma das razões pela qual os usuários visualizam posts antigos ou de pessoas desconhecidas em suas linhas do tempo. A aposta da rede social é de que em 2023 as melhores publicações e reels dos criadores sejam os destaques no feed e na aba explorar, indicando conteúdos que são, realmente, relevantes para cada usuário”, pontua o empresário.

    Por fim, o uso de realidade aumentada e anúncios mais interativos também são algumas das principais tendências para o próximo ano. “Dependendo da quantidade de possibilidades que o Instagram oferece para marcas e criadores de conteúdo, maiores serão as chances de captar a atenção do público. Para isso, novas ferramentas de criação serão integradas ao aplicativo, como GIFs gerados a partir da função Live Photos, publicações com tecnologia 3D, integração de artes NFT e a possibilidade de publicar anúncios que façam real uso dessas ferramentas”, finaliza.

     O Instagram Trend Report 2023 pode ser encontrado no blog da rede social.

    Publicidade

    Artigos recentes

    Notícias Relacionadas

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui