Mais

    Investimentos no governo Lula: o que esperar no cenário econômico?

    Publicidade

    Luiz Inácio Lula da Silva foi eleito em uma disputa apertada, que o coloca pela terceira vez no cargo de presidente da república. As propostas do presidente eleito miram no fortalecimento do Estado de bem-estar social e devem guinar a polícia econômica com investimentos no sentido de aumentar a proteção social.

    Como ficam os investimentos nesse novo cenário?

    Publicidade

    Para Samuel Torres, Consultor Financeiro da fintech Onze, o mandato de Lula pode ter impactos relevantes nos investidores, dependendo. O principal ponto de atenção está no ponto de vista fiscal, já que durante a campanha, Lula fez uma série de promessas que têm impacto direto nas contas públicas, como: manter o Auxílio Brasil em R$ 600, reajustar o salário mínimo acima da inflação e isentar o Imposto de Renda para quem ganha até 5 mil reais.

    “Para cumpri-las, Lula terá que revogar o “teto dos gastos”. Se isso de fato ocorrer e não for criada uma nova âncora fiscal que restrinja os gastos do governo, a principal consequência pode ser um nível de inflação mais alto nos próximos anos e, consequentemente, taxas de juros mais altas”, afirmou Torres.

    O analista ressalta que o cenário favorece os investimentos em renda fixa e tende a prejudicar a renda variável, principalmente se as medidas do novo governo não fizerem o país retomar uma maior taxa de crescimento. Já em relação ao câmbio, com uma inflação mais alta, a tendência nesse cenário é o real se desvalorizar em relação ao dólar.

    “Contudo, é importante entender que para implementar tais políticas, Lula depende de aprovação no Congresso, o que tende a ser bastante complicado em decorrência da composição do Legislativo após as eleições de 2022”, finaliza Torres.

    Publicidade

    Artigos recentes

    Notícias Relacionadas

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui