Leigos investem em criptomoedas

Cerca de 40% dos usuários nunca haviam comprado ou vendido criptomoedas antes de usar a Monnos, plataforma brasileira que opera globalmente

0
Foto - Pixabay
Publicidade

Há pouco mais de um ano no mercado, a Monnos tem mais de 20 mil usuários no Brasil e no mundo. E grande parte dos brasileiros, 38,5%, nunca havia investido em criptomoedas antes. “Oferecemos aos usuários a possibilidade de seguir estratégias de outros usuários mais experientes. Isso atrai aqueles que têm interesse em investir, mas ainda não se sentem seguros”, explica Rodrigo Soeiro, CEO da Monnos.

Analisando o comportamento dos usuários, que são de 118 países, é possível observar a diferença entre os brasileiros e os investidores do exterior. “A grande maioria dos usuários de fora do Brasil (96,3%) já havia investido em criptomoedas antes. A possibilidade de conhecer a estratégia de investidores mais experientes e se empoderar vem atraindo os brasileiros – que representam 7% da nossa base de usuários”, explica Soeiro.

A plataforma funciona da seguinte forma: qualquer usuário pode tornar sua estratégia pública, a ser classificada em um ranking de performance. E todos os usuários podem seguir uma ou mais estratégias públicas, para ter os mesmos ganhos. Quem tem sua estratégia seguida por outros, ganha notoriedade e uma taxa mensal fixada por ele mesmo. “É importante lembrar que o mercado é volátil. Pode-se ganhar e perder, bem como o dono da estratégia. Nossa proposta é transparente e a decisão é do usuário”, explica o CEO da Monnos.

Visando difundir a criptoeconomia, a Monnos possibilita que o usuário compre, venda e faça pagamentos com criptomoedas em um único lugar – tal modelo de negócios é conhecido mundialmente como CryptoBank. Entre as exchanges brasileiras, a plataforma oferece a maior variedade, 40 criptomoedas. Além de crypto wallet (carteira de criptomoedas), portfólio management (gerenciamento de portfólio) e social trading (negócios em rede). Em breve, oferecerá cartão de pagamento, possibilitando o uso de criptomoedas em compras do dia a dia.

Publicidade

Os valores investidos em criptomoedas vêm aumentando 30% por mês na plataforma. E para fomentar a capacidade de decisão e gestão de portfólio dos usuários, a Monnos lançou o News Feed – um agregador de notícias globais sobre criptomoedas. “O usuário terá acesso as principais notícias e poderá se aprofundar nos temas conforme lhe convir. Poderá também interagir, como faz em qualquer rede social, compartilhando, curtindo e comentando”, explica Rodrigo Soeiro.

Caminho até aqui

A Monnos passou por um processo de captação global conhecido como IEO (Initial Exchange Offering), com tokens digitais próprios. Atualmente, os MNS Tokens estão com mais de 14 mil usuários apoiadores em todo o mundo. Eles podem ser acumulados para trocas por criptomoedas ou reais, além de serem utilizados na própria plataforma, com descontos e acessos exclusivos a determinadas funcionalidades. O MNS vale aproximadamente R$0,002 – preço determinado pela oferta e demanda das exchanges globais em que está listado.

Na plataforma, é possível receber todos os meses uma bonificação em MNS Token ao se tornar um usuário VIP holder. Nessa categoria, obtêm-se também descontos progressivos nas taxas de trade, maiores bonificações por indicações e maior percentual em Crypto Savings, que consiste no monitoramento automatizado dos preços dos ativos digitais em diferentes exchanges globais.

Sobre a Monnos – https://monnos.com

Plataforma brasileira de criptomoedas que opera globalmente e tem proposta voltada para leigos. A Monnos foi fundada em setembro de 2019 e hoje tem mais de 20 mil usuários no Brasil e no mundo. Conectados em ecossistema de ganhos através de rede, os usuários podem seguir estratégias de outros, criando uma rede social de investimento que empodera leigos.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui