domingo , 25 fevereiro 2024
Live Gratuita sobre Ciberdefesa no Brasil, dia 18, às 16 horas
Ínicio Noticias Live discute capacidade do Brasil se defender ciberneticamente
Noticias

Live discute capacidade do Brasil se defender ciberneticamente

973

Debate online reunirá General Guido Amin do Ministério da Defesa; Senador Esperidião Amin; Prof. César Marcondes do ITA; Diretor do Ieja Tarcísio Dal Maso e o Diretor da Apura S/A e especialista em cibersegurança, Sandro Süffert.

Há algum tempo o Brasil, através de suas empresas e governo, tem buscado soluções para se proteger de ataques cibernéticos, a cada dia mais freqüentes.

Diversos investimentos foram realizados nos últimos anos, especialmente por instituições financeiras e órgãos federais, como o Ministério da Justiça, o Exército e em grandes eventos como o Rio+20 (Conferência Mundial de Meio Ambiente, ocorrida em 2012) e os Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro.

Infelizmente, muitas soluções aplicadas no país não falam a “língua do brasileiro”, e não ponderamos só o idioma, mas a realidade nacional de golpes arquitetados por brasileiros, com suas especificidades, os atores envolvidos e os alvos.

Para comentar este cenário e discutir mecanismos de incentivo ao desenvolvimento de soluções nacionais para a segurança cibernética, acontece na próxima segunda-feira (18), às 16h, um debate virtual reunindo importantes nomes de diversos segmentos da sociedade. A live reunirá o general Guido Amin, comandante de Defesa Cibernética (Ministério da Defesa); o professor César Marcondes, do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA); o especialista em cibersegurança e CEO da Apura S/A, Sandro Süffert; o senador Esperidião Amin (PP-SC); e o consultor legislativo do Senado e diretor do Instituto de Estudos Jurídicos Aplicados (Ieja), Tarcísio Dal Maso.

De acordo com Sandro Suffert, é fundamental a busca conjunta de soluções de cibersegurança focadas na realidade brasileira. “Nos últimos anos, as empresas brasileiras têm evoluído em maturidade, em segurança cibernética. Há um esforço entre empresas, governos e academia nesse sentido. Por isso, é importante que debatamos modelos e soluções que tenham o foco na realidade nacional”, sublinha o especialista, que possui 20 anos de experiência na área e já ministrou cursos e palestras em eventos internacionais em Cingapura, Estados Unidos, Romênia, Escócia, entre outros países, sobre segurança cibernética.

A live é gratuita e poderá ser acompanhada por link a ser compartilhado nas redes sociais do Ieja (@ieja.instituto).

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Conteúdo Relacionado

Brasil bilíngue? Buscas no Google por outros idiomas têm salto de 50% no país

Quando o assunto é o desenvolvimento de novas habilidades, ao que tudo...

Inovação, Inteligência Artificial e mão-de-obra: o que vale mais no canteiro de obras

Por Robson Lucas* O setor da construção encerrou o ano de 2023...

Novas regras do Minha Casa Minha Vida irão beneficiar pessoas em situação de vulnerabilidade social

As novidades implementadas recentemente no programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) devem...