Mercado de e-commerce investe em automação para alavancar a  competitividade nos negócios

Publicidade

Por: Andrés Morales, Area Sales Manager para Latinoamérica de MiR

Na economia cada vez mais digital, o e-commerce vem aumentando a representatividade no varejo ao longo dos últimos anos, e a pandemia da Covid-19 acelerou esta tendência, tanto a nível global quanto nacional. Segundo dados da Compre&Confie, as vendas da Black Friday em 2020 passaram de 5,1 bilhões – valor 31% maior do que o mesmo período do ano passado – ou seja, é um resultado além das expectativas e que mostra o quanto o comércio eletrônico só cresce no Brasil.

Neste cenário, o setor da logística caminha de braços dados com o crescente comércio eletrônico, já que é responsável por fazer a entrega dos produtos aos consumidores fora do modelo tradicional de venda direta em lojas físicas. Mas como fazer seu negócio crescer de forma saudável e atender toda essa demanda com qualidade? A resposta pode estar na automação. Ao adotar essas ferramentas, é possível realizar tarefas de forma automática, além de otimizar diversos outros processos. Assim, ajustes que eliminem possíveis falhas também podem ser feitos, aumentando a produtividade a longo prazo.

Publicidade

Paralelamente, as organizações enfrentam adversidades para otimizar seus processos e melhorar a experiência geral do cliente. Abaixo, compartilho alguns desafios que contribuem para incentivar o investimento em automação no mercado omnichannel. Confira:

Ciclo do pedido

O crescimento global do e-commerce e o atendimento omnichannel estão impulsionando a customização em massa com o crescente volume de pedidos. Nesse contexto, ser omnichannel é oferecer opções para o cliente, a fim de entregar uma experiência de atendimento diferenciada e superar suas expectativas.  Seja pelo próprio site da empresa ou pelas redes sociais, o consumidor precisa ter uma continuidade do serviço e uma experiência única de atendimento.

Melhorias  na experiência do cliente

Os sistemas de automação tradicionais e os métodos manuais de gerenciamento de operações de armazenamento não são mais eficazes para atender esse mercado dinâmico e a experiência do cliente é decisiva para o sucesso dos negócios.

Nesse contexto, a propagação global do coronavírus trouxe uma série de mudanças para empresas dos mais variados tamanhos e setores. Entre elas, a experiência do cliente. Com o crescimento das transações online e omnichannel, para dar continuidade aos negócios, as experiências diferenciadas de atendimento ao cliente passaram a ser priorizadas tanto no varejo quanto no setor industrial e de serviços. Portanto, é importante atentar-se para oferecer um atendimento omnichannel de qualidade e alcançar a excelência na jornada do cliente.

Desafios crescentes na cadeia de suprimentos

Impulsionados pela quarentena, as indústrias utilizam a automação como estratégia para suprir a necessidade de pedidos do e-commerce e também para acelerar a produtividade.

Automação e novas tecnologias

Em meio a um alto volume de acessos, vendas e interações, somente com a automação é possível ter tudo sob controle e ainda garantir os melhores serviços, preços e prazos.

Nesse contexto, a automação para e-commerce é o principal recurso que as grandes empresas usam para ter uma rotina eficaz de ações que gere bons resultados, pois a redução da margem de erros é outra grande vantagem que a automação de processos oferece: afinal, ao diminuir o número de intervenções humanas necessárias para o bom andamento desses processos, as imprecisões também diminuem.

Robôs autônomos: um grande aliado para as indústrias 

Para garantir a vantagem competitiva e obter um rápido retorno de investimento, os robôs móveis autônomos (AMR, por sua sigla em inglês) vêm oferecendo uma plataforma avançada e flexível que se ajusta às demandas nos processos de logísticas para manter a competitividade e reduzir os custos. Sendo assim, ao implementar os robôs móveis, as empresas podem realocar seus recursos humanos em tarefas que geram mais valor, enquanto eles ficam responsáveis pelas tarefas repetitivas da cadeia de suprimentos

Publicidade

Artigos recentes

Publicidade

Notícias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui