Especialista da Provi dá dicas para tomar essa decisão e se preparar para o novo desafio

São diversos os motivos pelos quais as pessoas mudam de carreira: falta de perspectiva de crescimento, remuneração insuficiente, quebra de expectativas, altos níveis de estresse, clima organizacional negativo, falta de reconhecimento, cansaço por executar as mesmas atividades por um longo período de tempo e também o desemprego. De fato, mudar de carreira é uma decisão complexa e apesar de ser uma opção real, pode não ser a resposta para a tão desejada satisfação profissional. Ana Baraldi, diretora de inovação da Provi, plataforma que busca viabilizar o acesso à educação e especialização em diversos mercados, enumera pontos a serem considerados e como se preparar para esse desafio.

Apesar da pandemia da Covid-19 ter evidenciado a delicada situação do mercado de trabalho no País, não é de hoje que as pessoas têm manifestado o desejo de fazer mudanças na vida profissional. A pesquisa Re:Trabalho 2020 realizada pela Tera e pela Scoop&Co, antes da pandemia, conduziu uma investigação sobre como as formas de trabalhar vêm se transformando e aponta que 63% das pessoas já mudaram de carreira e 48% já pretendiam mudar de carreira. Dessas, 70% dizem querer uma carreira mais alinhada aos seus interesses e propósito de vida. Confira as dicas:

Como saber se é a melhor opção? 

Antes de tomar essa decisão vale a pena fazer uma intensa reflexão. Entender a verdadeira motivação é o primeiro passo. Muitas vezes, o problema pode não estar na carreira atual e, sim, no ambiente de trabalho, na remuneração, falta de reconhecimento ou mesmo na dificuldade de se conseguir uma vaga na área. É preciso considerar todos os ângulos possíveis desta transição desde afinidade com a área escolhida até a oferta de vagas. Converse com pessoas que atuam no ramo pretendido, tire dúvidas sobre a rotina,  mercado e habilidades importantes para executar as tarefas diárias.

Escolhendo a área de atuação

A profissão ocupa uma parcela significativa da vida, com isso, estar satisfeito com ela é uma condição fundamental para a felicidade. Um administrador de empresas que não gosta da rotina no escritório, por exemplo, dificilmente conseguirá se realizar profissionalmente. Então, é muito importante se dedicar para fazer uma boa escolha e, assim, evitar frustrações futuras.

O mercado também é algo que deve ser considerado ao se decidir. Afinal, não basta escolher uma profissão que tenha tudo a ver com você se ela não oferecer boas oportunidades. A ideia não é focar a decisão em possíveis salários, mas sim nas chances de crescimento e desenvolvimento, pois é isso que irá te motivar a prosseguir e crescer cada vez mais.

Invista na sua capacitação profissional

Procure livros, assista a palestras, faça cursos e busque qualquer outra forma de capacitação que seja relevante para a carreira que você deseja. É possível encontrar muita informação gratuita na internet, mas nada vai substituir o aprendizado que você consegue com profissionais especializados em educação.

Uma opção de capacitação que muitas vezes oferece maior flexibilidade de estudos e custos reduzidos são os cursos online. Com instituições de ensino profissionais dedicadas aos mais diversos tipos de conhecimento, iniciar um curso na área que você deseja vai não só aumentar sua capacitação profissional para uma mudança de carreira menos brusca como também servir de experiência introdutória para que você sinta se essa nova atividade é realmente o que vai lhe trazer satisfação.

Cursos mais procurados e oferta de vagas

Hoje, os cursos mais procurados na Provi são nas áreas de tecnologia, estética, saúde e áreas relacionadas à negócios e finanças, funções que vão de encontro às necessidades do mercado de trabalho ou que possuam o maior potencial de trabalho autônomo.

A escassez de profissionais em algumas dessas áreas pode ser um dos principais motivos para procura dessas áreas, pois falta mão de obra qualificada para preencher milhares de vagas. Os setores com maior oferta de vagas no país são, principalmente, para funções nas áreas de recursos humanos, contabilidade, finanças, meio ambiente, engenharia, profissionais de quase todas as áreas da saúde e tecnologia,  que hoje, possuem o maior potencial de crescimento e remuneração.

Vá em frente

Após considerar todas essas questões, é possível avaliar se melhor saída é mesmo buscar um novo ramo de atuação. Em caso positivo, é importante não deixar a incerteza bloquear essa decisão e investir de verdade em uma mudança profissional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui