O efeito do home office em grandes capitais do Brasil

Com a mudança como o brasileiro trabalha, as grandes cidades também passaram por grandes mudanças

0
Publicidade

Quais os reais benefícios do home office no cotidiano das capitais?

Antes de 2020, uma pequena parcela de empresas implementavam o home office como forma de trabalho. Era muito comum os gerentes escolherem um dia da semana para todos os funcionários trabalharem de suas casas. 

Mas essa realidade mudou depois de 2020. Por conta da pandemia causada pelo coronavírus, a maioria das empresas tiveram que adotar o home office como modelo de trabalho. Essa foi a alternativa para evitar aglomerações e garantir o distanciamento social. 

Pessoas que nunca tinham experimentado o trabalho em casa, puderam sentir uma grande diferença. Passar mais tempo em casa com os filhos, não ficar mais parado no trânsito ou com o transporte público cheio e experimentar novas ferramentas digitais. 

Porém, o home office não garante uma mudança apenas na vida do trabalhador. A verdade é que o trabalhador dentro de casa causou uma grande reviravolta no cotidiano das grandes capitais do Brasil e do mundo. Aquela loucura nas principais avenidas e pessoas cheias de pressa nas ruas desapareceu. 

Publicidade

Foi feita uma pesquisa para ver quais são os reais benefícios que o home office pode causar nas grandes capitais mundiais. Mesmo com uma menor circulação de pessoas, é possível ver muitas coisas positivas pela cidade. Confira! 

Menor emissão de carbono 

Mais pessoas dentro de casa, menos carros nas ruas da cidade. Esse é um dos grandes impactos do home office. Com um menor número de veículos circulando, o carga de carbono liberado acaba sendo bem menor. 

Isso faz com que a qualidade do ar aumente e a poluição diminua. Quem agradece tudo isso é a natureza. 

Trânsito 

Esse segundo tópico acaba sendo um complemento do outro. Com mais pessoas trabalhando em casa, o trânsito também diminui. É como circular pela cidade em um feriado prolongado. Rotas mais livres e um número menor de carros na rua. 

Investimento em tecnologia 

Com as pessoas dentro de casa, elas têm a tendência a ficar dentro de casa. Isso é natural do ser humano. Então, ela vai procurar alternativas para resolver os problemas com o menor esforço possível. 

Situações comuns no cotidiano, como pagar uma conta ou comprar um produto, podem ser feitos tudo de casa. Aplicativos de banco para escanear um código de barra, ou um aplicativo que faz consultas por placas de carro para quem quer adquirir um novo veículo

Logo, com as pessoas mais tempo em casa, mais ferramentas digitais irão surgir para facilitar a vida da população.

Qualidade de Vida 

O tempo que será economizado no home office pode ser facilmente investido em outras áreas, como passar mais tempo com seus familiares, prática de esportes, estudos e cuidar da saúde. 

Vendo essa necessidade aumentar, é a oportunidade perfeita para se investir em áreas de lazer e prática de esportes por toda a cidade. Imagina mais praças e parques para curtir com a família e o pet? Seria tudo de bom!

Home office depois da pandemia

O home office oferece benefícios para toda a comunidade, não só para a empresa e funcionários. A cidade, como um todo, pode se beneficiar com os trabalhadores dentro de suas casas. 

O que será que vai acontecer com o home office depois que a pandemia acabar?  De acordo com a pesquisa realizada pela Cushman & Wakefield, 73,8% das empresas multinacionais que atuam no Brasil pretendem adotar o home office como prática definitiva no país, após a pandemia. 

Esse momento que o mundo está passando, na verdade, pode ser um grande momento de transição para a vida nas grandes capitais. 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui