O verdadeiro líder empreendedor

0
Divulgação

Confira quais as características para ser um

Para ser empreendedor atualmente, é preciso ser também um líder. Apesar disso, muitos ainda confundem o ser “chefe” com um verdadeiro líder. A liderança se baseia em duas características: atitude e flexibilidade, devendo estar presentes tanto em líderes corporativos quanto em empreendedores individuais.

“Por qual motivo? Defendo que um ‘chefe’ jamais será um empreendedor, porque sua visão é curta, é individualista. Um chefe nunca pensa no grupo, somente em si próprio, naquilo que lhe trará vantagens, o que o fará bater as metas”, afirma Penha Pereira, economista e gestora de carreira.

A especialista afirma que este tipo de comportamento jamais trará motivação às equipes, pelo fato de que as pessoas envolvidas, seja em um empreendimento de negócio ou em um ambiente corporativo, nunca irão sentir-se partes atuantes em um projeto ou em um empreendimento.

“Como não se enxergam protagonizando o processo e sim sendo apenas partes operantes dele, seguindo instruções em uma linha de produção em massa, não se estimulam a gerar valor agregado, a criarem soluções, a discutirem ideias, a inovarem, a empreenderem juntamente com o empreendedor”, conta Penha. A especialista destaca quais fatores fazem um verdadeiro líder empreendedor:

1. Estar atento ao que está acontecendo com as pessoas que gerencia, tentando “trazer” esses indivíduos para o seu lado, mostrando interesse em saber de cada colaborador o que o move, o que lhe gera curiosidade intelectual, determinação, e como ele se sente em relação a seu trabalho.

2. Não impõe respeito pela força, coerção ou medo. Antes impõe sua autoridade respeitando cada um conforme a natureza individual.

3. Sabe mostrar à sua equipe a necessidade de cada um conseguir explorar o significado de sua parte no trabalho e resolver os desafios. Ao mesmo tempo, o líder precisa fazer com que esses indivíduos tenham um interesse genuíno uns pelos outros e capacidade de mostrar que se importam com cada colega, formando desta maneira uma equipe forte, coesa, com um único objetivo, porém cada um com uma atuação individual vibrante.

4. Procura e incentiva em sua equipe qualidades além simplesmente do talento, tais como: curiosidade intelectual, coragem e caráter.

5. Torna desafiante seu próprio trabalho e o de seus liderados ou colaboradores em seu empreendimento, para que ele mesmo se desenvolva e faça isso acontecer com quem está com ele, desta forma, criando valor para a Instituição na qual trabalha ou para o projeto que está desenvolvendo.

6. O líder não tem medo de perder pessoas. Ele deve ter medo de não as perder, pois “segurando-as”, significará que todos estarão na zona de conforto! Onde há empreendedorismo em zonas de conforto? Empreendedorismo, liderança verdadeira é a busca incansável do novo, da criação, da aquisição de conhecimentos.

7. Não faz com que seus liderados trabalhem para ele, trabalha para que seus liderados atuem com ele.

8. Escuta, não apenas ouve, mostra-se inclinado e flexível a novas ideias, sem deixar de ser firme e mostrar claramente as necessidades do grupo, porém sem mostrar-se condescendente, pois prazos, metas e desafios são fatos que requerem ações coordenadas.

9. Posta-se à frente, mas nunca acima, e sempre ao lado de seus liderados.

10. Um líder empreendedor tem claro para si que o mais importante, além de gerar o resultado esperado, é gerar a evolução das pessoas, o bem estar, pois desta forma ele terá como experiência uma transformação verdadeiramente eficaz e positiva.

11. Um líder não domina o conhecimento. Fazendo com que seu grupo evolua, gera conhecimento e aprendizado para si próprio a partir das trocas com sua equipe.

12. Constrói uma equipe que atua coletivamente em uma mesma direção e quando enfrenta uma turbulência, pode contar com individualidades para vencê-la.

“Se não estiver claro para cada gestor que prioritariamente ele deve dar importância à evolução de seus colaboradores, jamais conseguirá fazer com que a organização naturalmente experimente uma transformação positiva. Ele será um chefe buscando até de forma assertiva os resultados esperados, mas nunca será um verdadeiro líder.”, afirma a gestora.

Considerando o lado de quem está buscando empreender, essa pessoa deve procurar gerar o futuro sustentável de seu projeto e muito mais, assegurar que seu projeto está transformando as pessoas e a vida em seu entorno. Um verdadeiro líder empreendedor é quem faz da diversidade uma unidade.

Penha Pereira

Economista, Master Coach e gestora de carreira

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui