Pagamento médio de criptomoeda no Brasil é de R$ 450 por transação, mostra CoinPayments 

Publicidade

Tão jovens… 

As criptomoedas estão crescendo no mercado brasileiro, mas ainda são os jovens o grande público dessa novidade. Levantamento realizado pela CoinPayments, a primeira e maior processadora de pagamentos em criptomoedas do mundo, mostra que o ticket médio de pagamentos realizados com criptomoedas no Brasil é de R$ 450 por transação, e a grande maioria (77%) está na faixa entre 18 e 35 anos. Além disso, 82% residem nas regiões Sul e Sudeste.

As criptomoedas estão na moda e ganham espaço no mercado brasileiro pela inovação nas negociações e pelo potencial de investimento. Mas quem é o público que utiliza e tem acesso a esse tipo de ativo? Majoritariamente são jovens de 18 a 35 anos residentes nas regiões Sul e Sudeste do país.

Publicidade

É o que mostra um levantamento realizado pela CoinPayments, a primeira e maior processadora de pagamentos em criptomoedas do mundo. A empresa, que planeja expandir sua atuação no mercado brasileiro, levantou as informações de seu banco de usuários no país, que movimentou US$ 75 milhões em 2020.

Segundo os dados, o ticket médio de pagamentos realizados com criptomoedas no Brasil é de R$ 450 por transação – pouco menos de US$ 100. Mesmo assim, não há finalidade clara: as pessoas negociam esses ativos por diferentes motivos – seja para ganhar na valorização, seja para fazer pagamento de serviços ou compras de alto valor.

Porém, se os usos são diversos, o público que utiliza esses tipos de moedas digitais ainda é bem concentrado e, em sua maioria, jovem: 77% têm entre 18 e 35 anos. Além disso, 82% dos usuários brasileiros residem nas regiões Sul e Sudeste – locais em que a tecnologia está mais consolidada no ambiente corporativo.

“O levantamento mostra que o movimento das criptomoedas no mercado brasileiro acompanha o cenário global. É comum que os jovens abracem a novidade no início, uma vez que são mais abertos à inovação e às tendências, e que as operações aconteçam em regiões consolidadas tanto do ponto de vista econômico quanto do tecnológico”, explica Rubens Neistein, Bussiness Manager da CoinPayments.

Publicidade

Artigos recentes

Notícias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui