Pandemia amplia debate entre valor e qualidade no setor de tecnologia

0
Divulgação

Por Otto Pohlmann *

A pandemia de covid-19 reforçou uma ideia que já estava em voga há muito tempo, mas poucos tinham noção exata: a importância da tecnologia da informação na sociedade contemporânea. Sem ela, não conseguiríamos manter contato com amigos e familiares durante o isolamento social, e setores inteiros da economia não conseguiriam produzir, entrando em colapso com o passar dos meses. Felizmente, as soluções de TI existem, mas essa relevância reacende um debate importante na área: a relação entre valor e qualidade.

A própria evolução tecnológica tem responsabilidade neste cenário. Afinal, hoje há uma infinidade de opções de produtos e serviços, do Brasil e do exterior, que resolvem problemas cada vez mais específicos. Há centenas, até milhares, de soluções que prometem resolver as principais demandas da área de forma rápida, prática e eficiente. Diante disso, muitos profissionais e organizações ficam com dúvida sobre quais são as melhores alternativas para seus objetivos.

Mas será mesmo que todas conseguem agilizar os processos de qualquer organização?

Não é bem assim. O que acontece é que, com a pandemia de covid-19, cria-se uma visão de que toda tecnologia resolve, com companhias bombardeando todos com soluções que prometem atender às expectativas neste momento de incerteza, mas nem sempre correspondem à real eficiência antecipada. Dessa forma, em vez de ajudarem, acabam confundindo ainda mais. Não se trata de justificar os preços competitivos, mas sim de não solucionar aquilo que se espera atualmente. O difícil não é encontrar algo com qualidade, mas manter essa vantagem ao longo do tempo. Somente assim é possível fidelizar clientes e profissionais.

É justamente aqui que entra a percepção de valor. Porque a melhor forma de encontrar o que realmente funciona é por meio da pesquisa. Muitos pensam que basta apostar na solução mais cara, mas nem sempre a entrega vai corresponder aos objetivos – o que frustra a empresa como um todo com o desperdício financeiro e a nova busca por fornecedores de TI. Portanto, peça indicações de colegas, compare opiniões, visite sites e blogs de empresas especializadas e verifique se as especificidades realmente atendem às suas necessidades.

Assim, as empresas de tecnologia precisam ir além da simples qualidade de suas funcionalidades e entregar algo a mais a seus clientes. Em outras palavras: agregar valor a seu produto ou serviço. Um erro comum, por exemplo, é não oferecer um pós-venda aceitável. Problema com linguagem técnica em manuais é um grande motivo de reclamações. A falta de testes também inviabiliza essa percepção. Os profissionais vão querer trabalhar com empresas que ofereçam mais experiências, podendo até não ser o valor mais em conta (ou o mais caro), mas dá suporte técnico adequado e está ao lado dele em todas as etapas de utilização do produto.

Em tempos de pandemia de covid-19 e da necessidade de acelerar a transformação digital, opte sempre pela confiança e não pelo preço. Soluções de TI precisam ser seguras, funcionar adequadamente e garantir a operação de todas as redes da empresa, protegendo informações sigilosas e importantíssimas para o futuro do negócio. Com a escolha certa, a companhia não só passa por este período turbulento da história, como consegue criar as bases para um maior crescimento no futuro.

*Otto Pohlmann é CEO da Centric, empresa de tecnologia que fornece soluções completas para atender os requisitos de segurança e da LGPD, com foco em implementação, treinamento e suporte para ajudar a sustentar o desenvolvimento de negócios de todos os portes e setores – e-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui