Mais

    Pesquisa revela que 88% dos investidores consideram modelo de negócio o mais importante para realizar um aporte em startup

    Publicidade

    O que os investidores consideram ser o mais importante na hora de escolher em qual startup aportar o seu capital? Segundo a pesquisa inédita “Perfil do Investidor em Startups 2021” conduzida pela CapTable, maior hub de investimentos em startups no Brasil, o modelo de negócio é o principal critério para 88,58% dos entrevistados.

    O estudo realizado pela CapTable mostra que as startups que querem receber investimentos precisam, acima de tudo, apresentar um negócio sólido, inovador e que sane a dor do mercado em que está inserido.

    Publicidade

    “O empreendedor precisa mostrar, mais do que nunca, que seu negócio tem um modelo que funciona e que é inovador para o mercado. Os investidores estão dispostos a investir, mas precisam sentir firmeza no modelo de negócio da startup. Traçar planos e metas dentro da realidade fazem toda a diferença na hora do investidor decidir ou não aportar seu capital naquele negócio”, explica Guilherme Enck, cofundador da CapTable.

    Participação nas startups

    Os dados da pesquisa “Perfil do Investidor em Startups 2021” foram coletados em novembro deste ano com o objetivo de entender melhor o que influencia a tomada de decisão de cada investidor que tem startups como uma das variedades na sua carteira de investimentos.

    A pesquisa revelou também que para 77,77% dos investidores é extremamente importante ou muito importante poder participar e ajudar as startups que investem. Outros 16,51% disseram ser importante e 5,72% responderam ser pouco importante ou sem nenhuma importância.

    Publicidade

    As informações capturadas na pesquisa refletem a atual fase de aquecimento do mercado de venture capital no Brasil. Os dados, além de levar a uma melhor análise das informações disponíveis aos investidores, reforçam a importância dos empreendedores deixarem uma porta aberta no que tange receber ajuda daqueles que estão investindo no negócio para desenvolver e escalar as startups.

    “Esse estudo nos ajuda a entender melhor o mercado aos olhos dos investidores. Auxilia todo o mercado também a compreender melhor a percepção dos investidores e o que eles estão buscando em todo o ecossistema de investimentos em startups. Nos permite também aprimorar cada vez mais nossos serviços para melhorar ainda mais a experiência dos usuários”, finaliza Enck.

    Dados da pesquisa 

    A pesquisa Perfil do Investidor em Startups 2021 analisou outros cenários que dizem respeito ao  mercado de investimentos em startups na visão dos investidores:

    Como o investidor avalia seu conhecimento no mercado de startups em uma escala de 1 (nenhum conhecimento) a 10 (muito conhecimento)?

    • Nota 1: 3,30%;
    • Nota 2: 4,50%;
    • Nota 3: 9,60%;
    • Nota 4: 7,20%;
    • Nota 5: 14,41%;
    • Nota 6:  18,01%
    • Nota 7: 23,12%
    • Nota 8: 13,81%
    • Nota 9: 5,10%
    • Nota 10: 0,95%

     Quais são as principais dúvidas e receios ao investir em startups? (Por se tratar de uma questão onde os investidores poderiam assinalar mais de uma resposta, os resultados ficaram desta forma.

    • Falta de Informação: 55,25%;
    • Startup Pouco Qualificada: 45,34%;
    • Risco de Perder Capital: 42,64%;
    • Falta de Liquidez: 39,03%;
    • Questões Jurídicas: 35,73%;
    • Processo de Investimento não ser Claro: 18,91%;
    • Forma de Investimento: 11,11%

    Por qual tipo de mídia você costuma consumir informações?

    • Sites, Blogs e Artigos online: 34.57%;
    • Youtube: 20.04%;
    • Redes Sociais (Facebook, Instagram, LinkedIn e outros): 19.36%;
    • Podcasts: 17.34%;
    • TV: 5.74%;
    • Jornal Impresso: 2.95%

    Os dados completos da pesquisa podem ser acessados neste link.

    Publicidade

    Artigos recentes

    Notícias Relacionadas

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui