Mais

    Quer abrir uma franquia? Leandro Castelo, o ‘rei do franchising’, aponta o que fazer para não errar

    Publicidade

    Sair da condição de empregado para o de empreendedor é o sonho de muitos brasileiros. Um modelo que se destaca quando o assunto é empreendedorismo é o de franquias, no qual, em vez de abrir um negócio totalmente novo, investe-se em uma unidade de uma marca existente e estabelecida no mercado, reduzindo os riscos econômicos do empreendimento.

    Ainda assim, empreender – sobretudo no Brasil, país marcado pelo excesso de burocracia sobre os negócios –, mesmo que por meio de uma franquia, requer atenção, dedicação e competências por parte de quem vai gerir a empresa.

    Publicidade

    À frente da 300 Franchising, a maior aceleradora de franquias do mundo, o empreendedor Leandro Castelo sabe como poucos impulsionar este modelo de negócio.

    Ao lado do irmão Leonardo, seu primeiro empreendimento foi a Ecoville, rede de produtos de limpeza com centenas de lojas espalhadas pelo País. Hoje, “os reis do franchising”, como os irmãos são conhecidos, são donos, por meio da 300 Franchising, de quase cem marcas em todo o Brasil, com mais de 6,1 mil unidades de franquias negociadas.

    Aos interessados em franquias, Leandro Castelo aponta o que devem levar em conta na hora de fechar um negócio. Confira as recomendações:

    1) Avalie o suporte da franqueadora

    Publicidade

    No modelo de franquia, o franqueado (o empreendedor que investe em uma unidade) recebe apoio da franqueadora (a empresa detentora da marca). Isso não deve ocorrer apenas na abertura da loja.

    “O apoio por parte da franqueadora também deve estar disponível na operação e no gerenciamento”, diz Leandro. “É importante verificar tudo o que contempla o suporte oferecido. Por exemplo, apoio jurídico, de marketing e de treinamento de pessoal contribuem muito para o sucesso do negócio”, sinaliza.

    2) Saiba quanto pode investir

    Naturalmente, cada marca tem o seu preço. Além disso, a localização da loja, o tamanho e a quantidade necessária de pessoal também influem sobre os custos.

    “O franqueado precisa ter um panorama do tempo de retorno do investimento. Não indico contratar um empréstimo descomunal sem avaliar as possibilidades de pagamento. Um bom planejamento financeiro é fundamental para o êxito da empresa”, salienta o empreendedor.

    3) Conheça o seu perfil

    Deve-se ter cuidado ao pensar apenas nos rendimentos financeiros do negócio. Segundo Leandro Castelo, empreendedores de sucesso são aqueles que têm paixão pelo ramo em que investem.

    “O interesse pela atividade traz otimismo e força para encarar os períodos de baixa. Esse interesse também é o que faz você estudar e pesquisar mais sobre o assunto. Sem paixão pelo segmento, dificilmente o empreendedor consegue seguir adiante. Fecha na primeira crise ou vive de cara amarrada”, ressalta o empresário.

    Publicidade

    Artigos recentes

    Notícias Relacionadas

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui