R$5mi em 90 minutos: Zletric quebra recorde de captação de investimento na CapTable

Publicidade

CapTable, maior hub de investimentos em startups do Brasil e que tem a StartSe como sócia, quebrou mais um recorde de investimento coletivos via oferta pública nesta terça-feira, 31.

A recordista da vez é a Zletric. Ao atuar com o modelo energy as a service, a startup chamou a atenção de 207 investidores ao oferecer uma solução inteligente para recarga de veículos elétricos e híbridos fornecendo energia por meio de uma rede que abrange espaços comerciais e residenciais em diferentes localidades do país.

Com essa proposta, levantou R$5 mi em aporte durante apenas 1h30, se tornando o novo líder no ranking de fechamento de captação em investimentos coletivos no país, com uma média de R$ 55.555 captados por minuto.

Publicidade

Confiança no setor 

O mercado de carros elétricos tem crescido em todo o planeta e no Brasil não é diferente. Com diferentes marcas e modelos de automóveis movidos a energia elétrica sendo lançados, o consumidor está se adaptando a essa nova vertente de locomoção.

Segundo a Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), o Brasil conta com mais de 50 mil veículos elétricos e a estimativa é que, até 2030, esse número seja de pelo menos 2 milhões.

Um dos problemas ainda é a falta de pontos para abastecimento de carros elétricos em todo o país. Algumas pessoas sofrem por não ter um ponto de abastecimento em sua casa, condomínio, ou em algum local público em sua cidade.

A proposta da Zletric com este novo aporte é aumentar o número de pontos de recarga, o que pode acelerar ainda mais a aderência dessa espécie de veículo por parte dos brasileiros.

De acordo com o levantamento da ABVE, o número de eletropostos teve uma alta de 50,8% em apenas três meses neste ano, passando de 500 locais, em março, para 754, no mês de julho. O avanço é claro, mas ainda falta muito para o país atingir um número ideal de eletropostos para suprir a demanda necessária.

Enxergando esta lacuna, a Zletric vê espaço em um mercado que promete se expandir cada vez mais e agora visa entregar soluções que devem crescer ainda mais com o avanço da tecnologia de veículos elétricos no país.

“Para o morador que tem carro elétrico não ter que investir em uma estação, que custaria em torno de R$10 mil, nós fazemos o investimento e alugamos por R$169,00 mensais. O abastecimento é registrado conforme o usuário na central, sem interferência de qualquer funcionário, evitando assim questionamentos por parte de outros condôminos”, conforme explica o CEO da Zletric, Pedro Schaan.

O cofundador da CapTable, Guilherme Enck, explica que a Zletric apresentou um plano sólido para sanar a dor desse segmento, o que explica uma captação tão rápida.

“Um plano ousado, mas bem estruturado, apresentado pela Zletric fez com que os investidores sentissem a confiança necessária para investir na startup. Investimentos de valores deste tamanho em tão pouco tempo refletem que o futuro da startup é promissor e de escalabidade”, explica Enck.

Destinação de recursos 

O valor captado pela Zletric será destinado ao plano de expansão da startup que pretende triplicar o negócio e se tornar referência deste mercado que está em plena expansão em todo o cenário nacional.

O CEO da Zletric afirma que 48% do recurso será investido no que é considerado mais importante para o crescimento da startup. “Aplicaremos quase metade do valor captado em footprint, que representa a expansão da rede, a fabricação de novos equipamentos e a instalação das estações em pontos estratégicos do país. No momento, isso é o mais relevante para o crescimento da Zletric”, afirma Schaan.

Schaan ainda explica que outros 22% do valor serão destinados a sales e marketing, visando expandir a imagem da startup e aumentar a procura pelas soluções oferecidas. O restante do valor será utilizado para os demais custos que vão sustentar as operações nos próximos 2 anos.

A todo vapor

Com o encerramento da captação realizada para a Zletric, a CapTable beira sua segunda dezena de captações concluídas com sucesso neste ano. A plataforma, que já conta com mais de 5 mil investidores ativos, acaba de superar os R$30 milhões captados para 19 startups em 2021.

O plano da CapTable é alcançar a marca de R$100 milhões investidos até o fim de 2021, conforme explica Paulo Deitos, cofundador da CapTable. “Os investidores estão ficando mais confiantes para investir em startups, exemplos como o do exit que aconteceu há poucas semanas aumenta ainda mais a confiança. Desta maneira, acreditamos que o plano de captar R$100 mi até o fim deste ano pode ser alcançado”, destaca Deitos.

Publicidade

Artigos recentes

Notícias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui