Receita Federal identifica 31.899 inconsistências na GFIP

Publicidade

A partir do cruzamento de dados internos, foram identificados indícios de informações indevidas referentes a condição de optante pelo Simples Nacional na Guia de Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência Social (GFIP). Esses falsos dados resultam na falta de recolhimento de contribuição previdenciária por parte da empresa.

Em continuidade à operação Falso Simples – Malha Fiscal da Pessoa Jurídica, responsável por analisar dados e cruzamento de informações, sejam elas prestadas pela própria pessoa ou não, a Receita Federal começará o encaminhamento de notificações para 31.899 donos de negócios em todo o país. Essa ação visa a regularização espontânea das declarações indevidas até o dia 30 de setembro de 2021.

De acordo com João Esposito, economista e CEO da Express CTB – accountech de contabilidade “As pessoas que apresentaram divergências na condição de optante pelo Simples Nacional receberão o aviso de autorregularização por meio postal ou mensagem na Caixa Postal no e-CAC da Receita Federal”, que completa “a expectativa é que os contribuintes aproveitem este período de regularização, para evitar riscos fiscais e aplicações de multas que variam de 75% a 225% do valor da contribuição previdenciária, fora juros”.

Publicidade

Sobre a Express CTB

A Express CTB é uma accountech que tem o objetivo de democratizar as soluções empresariais para negócios. A Express CTB auxilia na legalização de empresas, certificações digitais, impostos, finanças, assuntos jurídicos, departamentos de contas, entre outros, em poucos minutos, com tecnologia e consultoria especializada. www.expressctb.com.br.

Publicidade

Artigos recentes

Notícias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui