domingo , 25 fevereiro 2024
Sistema Purifica - Baumer SA - Baumer SA
Ínicio Novidades Retomada: Empresa brasileira lança sistema de esterilização de ar que reduz em 99,97% a carga viral do ambiente
Novidades

Retomada: Empresa brasileira lança sistema de esterilização de ar que reduz em 99,97% a carga viral do ambiente

970

Sistema Baumer Purifica capta e esteriliza o ar complementando as medidas de segurança e prevenção do combate à Covid-19; por meio de 5 etapas de filtragem, tecnologia controla a qualidade do ar de ambientes com concentração de pessoas

A Baumer, empresa brasileira que atua no segmento de soluções para o setor de saúde, lança sistema de esterilização de ar para hospitais, clínicas, consultórios, lojas de varejo, shoppings, escolas e demais espaços que queiram se adaptar ao ‘novo normal’ – expressão que vem sendo utilizada nos últimos meses quando se percebeu que o coronavírus havia impactado a sociedade global – e oferecer segurança para pacientes e clientes com os planos de reabertura dos comércios municipais e estaduais que começam a ser apresentados pelo país. O sistema Baumer Purifica é um equipamento de captura e tratamento de ar que reduz a carga viral e microbiana do ambiente, garantindo uma saída de ar 99,97% mais limpo do que em seu processo de entrada. A tecnologia complementa as medidas de combate à Covid-19.

O sistema conta com uma série de sensores para identificação da qualidade do ar, funcionamento do sistema de ventilação e do gerador de plasma, revelando informações importantes para o uso correto e seguro das unidades. “Não se trata de um sistema de purificação de ar simples e sim um sistema de esterilização de ar desenvolvido por uma empresa brasileira com quase 70 anos de experiência na prevenção e controle de infecções”, esclarece Maria Eduarda Baumer, diretora da Baumer.

Em termos tecnológicos, Maria Eduarda explica que o sistema Baumer Purifica atua no controle da dispersão de partículas no ambiente, reduzindo a carga microbiana, sem atuar diretamente nas pessoas e sem aplicação de substâncias químicas que possam agredir o usuário. “Com isso, o ambiente se torna livre de microrganismos viáveis e quando uma pessoa dispersa algum agente no ambiente, seja por gotícula ou partícula, ele é capturado e retirado de circulação”.

Basicamente, a tecnologia capta, purifica e esteriliza o ar do ambiente no qual está instalado. O ar contaminado entra no equipamento através de um sistema de sucção e passa por mais quatro etapas de purificação e esterilização, sendo: pré-filtração, filtro absoluto, filtro catalítico e câmara de plasmas. “O alinhamento perfeito entre as etapas garante que o módulo de captura e tratamento do ar reduzindo a quantidade de particulados e a carga microbiana no ambiente quando comparado à carga microbiana de entrada. Essa troca constante de ar faz com que o ambiente esteja livre das impurezas ou agentes que podem propagar os vírus”, reforça a diretora da Baumer.

Com o sistema Baumer Purifica é possível monitorar a qualidade do ar. Sensores informam no display do aparelho os parâmetros de partículas e sinalizam se a qualidade do ar se encontra ruim, regular ou boa. Essa medição permite posicionar as unidades do sistema em pontos que demandam maior filtração e o acompanhamento da evolução da ‘limpeza do ar’ durante a operação, além de produzir alarmes caso a eficiência de esterilização esteja dentro dos padrões estabelecidos.

“O equipamento pode ser programado em termos de funcionamento, sendo possível definir o horário de partida e parada do sistema de ventilação. Também é possível programar o sistema para situações onde se pretenda, por exemplo, ionizar o ar em períodos específicos em função da aglomeração de pessoas”, acrescenta Maria Eduarda, sobre as funcionalidades do Purifica.

O Sistema Baumer Purifica foi originalmente planejado para atender a área da saúde, sendo adaptado para outros diferentes segmentos, como varejo, e educação, para complementar as medidas de combate à covid-19, entre outros vírus, bactérias e fungos. “A tecnologia não se sobrepõe a todas medidas recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS), como o uso obrigatório de máscaras. Trata-se de uma solução que visa promover segurança das pessoas que circularão em ambientes públicos e privados após a retomada das atividades econômicas no país. O ‘novo normal’ exige disciplina, adaptações, métodos preventivos e a promoção da segurança da população”, conclui.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Conteúdo Relacionado

Novas regras do Minha Casa Minha Vida irão beneficiar pessoas em situação de vulnerabilidade social

As novidades implementadas recentemente no programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) devem...

Magalu relança Smartphoniza Brasil e descontos podem chegar a mais 2000 reais em celulares usados na troca por aparelho novo

O Magalu, empresa que está digitalizando o varejo brasileiro, relançou, este mês,...

Em busca de um carro por assinatura? Confira dicas para não errar na escolha do plano

A assinatura de veículos vem crescendo exponencialmente no Brasil. Segundo dados da...

Empresas buscam ecossistema automatizado, mas enfrentam obstáculos nas integrações

Artigo por Ângelo Vicente, CEO da Selia powered by Luft O comércio...