Saiba como as empresas podem criar canais de denúncia no compliance

Publicidade

O canal de denúncias é um instrumento fundamental para o programa de compliance. Para criá-lo, é preciso começar entendendo as necessidades da empresa.

Entre as principais iniciativas para um programa de compliance que traga resultados, está a criação de um canal de denúncias por meio do qual seja possível obter informações sobre situações de não-conformidade dentro da empresa.

O canal de denúncias precisa ser eficiente, capaz de receber e tratar as denúncias recebidas, assegurando a precisão das informações que serão repassadas à equipe de compliance.

Publicidade

Para criar um canal de denúncias, é preciso começar entendendo as necessidades da empresa para escolher a alternativa com melhor potencial de resultados. Outros passos nesse processo são definir os tipos de denúncia que serão recebidos, estabelecer formas de garantir o anonimato e atribuir a responsabilidade pelo recebimento e pelo tratamento das denúncias.

O que deve ser feito

Empresas com perfis diferentes podem optar por formatos de canais de denúncia que atendem melhor suas necessidades; dentre esses formatos, os principais são hotline (telefone), e-mail, solução web e aplicativo.

Os canais digitais são mais adequados para empresas que recebem alto volume de denúncias. Além disso, eles têm a vantagem de permitir que a denúncia seja registrada a qualquer momento, inclusive fora do horário de trabalho dos colaboradores.

Em seguida, é preciso definir os tipos de denúncia que podem ser recebidas por meio desse canal, como casos de assédio, corrupção, suborno, falhas de segurança ou outros problemas relevantes para a organização.

O canal de denúncias deve garantir o anonimato do denunciante, mesmo com atendentes humanos, como a hotline. Esse é um fator crucial para que os colaboradores estejam dispostos a se manifestar.

A responsabilidade pelo recebimento e pelo tratamento das denúncias deve ser limitada a um profissional ou a um setor específico. A estratégia visa a anonimizar dados sensíveis que podem ser descritos pelo denunciante e não devem ser repassados à equipe de investigação.

Pontos a observar

O primeiro ponto a observar é a necessidade de preparar a equipe para o uso, no dia a dia, do canal de denúncias selecionado. Entender como funciona a realização de denúncias e como elas são processadas é fundamental para que os funcionários tenham confiança para levar informações sobre não-conformidades à equipe de compliance.

Outro ponto a observar é o uso de soluções tecnológicas capazes de aumentar a eficiência do canal de denúncias, com destaque para aquelas que empregam inteligência artificial (IA). O uso de IA no atendimento e no recebimento de denúncias garante que os denunciantes fiquem ainda mais confortáveis para se manifestar, sabendo que não estarão expostos a um atendente humano. Na percepção dos colaboradores, as informações são recebidas com maior objetividade pela IA, o que traz sensação de segurança.

Além disso, a IA não enfrenta as mesmas limitações que o atendimento humano, sendo capaz de receber volumes superiores de denúncias, sem prejuízos para a precisão na coleta das informações. Assim, a produtividade do canal de denúncias é beneficiada pela tecnologia.

Inteligência artificial também pode ser empregada para a anonimização automática dos dados sensíveis, de forma que não comprometa os envolvidos nem a condução das investigações. Desta forma, além de haver menos risco de falha no processo, também é possível liberar os colaboradores da equipe de compliance para desenvolver outras atividades.

Publicidade

Artigos recentes

Notícias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui