Dicas para se tornar uma boa revendedora de lingerie

Em tempos de crise, a busca por renda extra se mostra ainda mais necessária. Nesse contexto, a opção de revenda de produtos salta aos olhos como uma oportunidade viável de ser colocada em prática de imediato.

Para se ter ideia, somente entre as empresas mais famosas de cosméticos no Brasil o número de revendedoras supera a marca de seis milhões, segundo dados da Natura.

Além de proporcionar independência financeira, optar pela revenda também garante  certa autonomia, pois permite montar o próprio horário e trabalhar de qualquer local.

Maquiagens e cremes não são as únicas opções do mercado, pelo contrário. A revenda de lingerie, por exemplo, apresenta bons números há alguns anos, tornando-se um nicho aquecido, inclusive durante a quarentena e o isolamento social.

Mas não basta encontrar o melhor lugar que venda lingerie no atacado para montar um bom estoque. Apesar deste ser um passo importante, existem outros cuidados essenciais que não podem ser ignorados na hora de começar essa empreitada.

Estoque variado

Para ser uma boa revendedora de lingerie, é preciso pensar em todo o tipo de cliente. Por isso, é essencial contar com um estoque variado, seja no quesito cores ou tamanho.

Há muitas opções de calcinha e sutiã no atacado, de tamanhos maiores – plus size – e dos mais variados tons.

A revendedora deve lembrar, por exemplo, que um tipo de nude que agrada uma cliente pode ser muito claro ou escuro para outra. Desta forma, o foco deve ser sempre em diversidade e inclusão.

Também é interessante contar sempre com produtos mais básicos, como os de cores bege, preto e branco, para o dia a dia. Não podem faltar ainda os modelos mais usados, como calcinha tanga e sutiã com bojo.

Ou seja, além de encontrar uma boa empresa que venda sutiã e calcinha no atacado, é preciso montar o estoque de maneira estratégia – a fim de agradar diversas clientelas.

Divulgação dos produtos 

Depois do estoque, o que também pode trazer sucesso ao negócio é uma divulgação bem feita. Por muitos anos, o boca a boca garantiu a venda para amigos e conhecidos e a possibilidade de ser indicada e expandir a rede de clientes.

Apesar desse mecanismo ainda ser válido e importante, atualmente existem formas de divulgar o negócio pela internet e que se mostraram ainda mais fundamentais durante o período de isolamento social, quando tantas pessoas passam mais tempo dentro de casa.

Um jeito rápido de mostrar os produtos da revenda é criar um perfil no Instagram com muitas fotos, boas descrições e contato permanente com o público. Assim, os interessados podem fazer encomendas pela própria rede social.

Outra dica é fazer parcerias com pequenos influenciadores locais, ou seja, pessoas conhecidas que possam divulgar a lingerie para seus seguidores. A maioria deles costuma viver na mesma região ou próximo, facilitando a venda e as parcerias.

Diálogo com a cliente

Por fim, mais importante do que conquistar clientes é ter a capacidade de fidelizá-los.

Ter um diálogo aberto e ouvir a todos sem preconceitos é um bom caminho para estreitar o relacionamento e conquistar a clientela.

Como se trata de lingerie, uma peça bem íntima, esse contato precisa ser ainda mais acolhedor e respeitoso.

Quanto mais prática a revendedora tiver, mais fácil será entender as necessidades das clientes, tornando a relação mais dinâmica.

Em casos de venda presencial, é interessante perguntar as preferências da pessoa, qual cor ela mais gosta, estilo de peça que mais usa.

Uma dica é evitar dar conselhos que não foram pedidos, a fim de não causar desconfortos e constrangimentos.

Ter um catálogo virtual de todo o estoque à disposição pode fazer a diferença, caso seja difícil levar sempre todas as peças físicas.

Nas vendas on-line é importante responder rapidamente e sempre tirar as dúvidas dos interessados. Basta estar atenta às mensagens e retornar com educação e disponibilidade.

Todas essas dicas ajudam a construir um vínculo de confiança, que resulta na fidelização das clientes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui