Início Noticias Tecnologia Tecnologia auxilia bares e restaurantes na retomada dos negócios

Tecnologia auxilia bares e restaurantes na retomada dos negócios

0

Gradativamente, depois da paralisação em razão da pandemia do novo coronavírus, atividades econômicas vão sendo retomadas em todo o Brasil. Entre os setores que mais sentiram a interrupção, e que têm se preparado para a reabertura, está o de bares, restaurantes e similares. Além da qualidade dos produtos e do cumprimento rigoroso de protocolos, a aposta para o êxito está também em ferramentas tecnológicas de gestão.

São soluções que, para serem eficientes aos empreendimentos do ramo, precisam contemplar as especificidades dos negócios. Singularidades que têm a ver com aspectos de administração da empresa e com as características próprias do segmento de atuação. Soluções que proporcionam a convergência entre esses dois elos funcionam para a retomada dos negócios e para o planejamento de médio e longo prazos.

O Hard Rock Cafe, em Curitiba, casa de lazer, cultura e gastronomia, por exemplo, tornou-se usuário do ERP EVEREST, solução tecnológica desenvolvida pela ACOM Sistemas, empresa que tem sede na capital paranaense e unidades em Cascavel (também Paraná) e na cidade de São Paulo. Acrônimo para “Planejamento de Recursos Empresariais”, o sistema ERP da ACOM tem versão direcionada essencialmente a empresas do chamado Food Service, isto é, bares, restaurantes e estabelecimentos similares.

O gerente do Hard Rock Cafe curitibano, Marco Condado, explica que o ERP EVEREST tem sido fundamental na reabertura do espaço. Depois de enfrentar um pico no número de casos e mortes por Covid-19 entre o fim de junho e meados de agosto, desde o dia 17 de agosto Curitiba passou da bandeira vermelha para a bandeira amarela, no estágio da pandemia. Com isso, iniciou-se a flexibilização das atividades.

O Hard Rock Cafe, então, voltou a operar. “Estamos focados na retomada. Estamos com dois sistemas de TI, e o que a gente usa na retaguarda, na parte administrativa, é o EVEREST, da ACOM. O sistema é fundamental para nós, porque um momento de crise como este exige muito planejamento e, também, muito controle”, ressalta Marco Condado.

O gerente fala das vantagens da plataforma: “A gente consegue saber a margem [de lucro] de cada produto, como podemos compor um cardápio melhor e acompanhar de perto o nível de desperdício. Para controle e planejamento, o sistema tem sido fundamental”, assegura o executivo.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui