WebGlobal mira expansão para América Latina após crescer 70% em faturamento em 2019

Empresa de monitoramento e inteligência de mercado oferece ferramenta que utiliza inteligência artificial (IA) e big data para acompanhamento de preços, concorrência e mercado

A WebGlobal, empresa de monitoramento e inteligência de mercado voltada ao e-commerce, obteve faturamento 70% maior em 2019 e prevê para este ano um crescimento mínimo de 50%. Fundada há 9 anos no parque tecnológico da Universidade do Vale dos Sinos (Unisinos), em São Leopoldo (RS), a WebGlobal nasceu startup e, segundo o CEO, Maurício Cardos, segue com esse espírito de empresa disruptiva, apesar de estar consolidada e madura, adotando inteligência artificial (IA) voltada a captação, análise e armazenamento de big data para monitoramento de preços. Seu portfólio hoje é formado por mais de 1.000 clientes do varejo e da indústria. “Nosso diferencial é a ferramenta WebPrice, que monitora de maneira ampla e estratégica o mercado on-line”, afirma.

A empresa credita seu resultado positivo no ano passado à reestruturação do marketing, à ampliação da força comercial e ao aumento da presença na América Latina. Essa ampliação da marca no continente é uma das prioridades para 2020. “Nossa expansão na América Latina começou de forma orgânica: alguns clientes de empresas globais que utilizam nossa ferramenta aqui no Brasil apresentaram a solução a outros países onde atuam e começamos a desenvolver um trabalho similar para grandes marcas. Hoje, já temos clientes como Bosch, Pirelli, Continental Pneus e Goodyear, entre outros, e estamos em processo de ampliação com outros grandes clientes na América Latina”, conta Amanda Pliuschchik, head comercial da WebGlobal.

“O objetivo é apresentar nossa tecnologia exclusiva a todo o mercado latino-americano, já que o Brasil é referência na região, não só por ser mais experiente, mas também por ter tecnologias mais avançadas”, acrescenta. Esse conhecimento de ponta está presente no WebPrice, ferramenta de monitoramento on-line de mercado, capaz de acompanhar de forma inteligente preços de produtos, disponibilidade, mix, margem, política de preço, produtos substitutos, marcas, lojas, imagem etc., de mais de 120 milhões de ofertas e de entregar informações estruturadas ao cliente que utiliza o sistema. Ele pode saber, por exemplo, os últimos lançamentos de seus concorrentes, ver se sua política de preço está sendo respeitada ou quais são os produtos que ele vende mais barato.

Cardoso diz que, por intermédio da análise de dados fornecidos pela ferramenta, é possível o contratante tomar decisões estratégicas de posicionamento de marca, otimizar o setor operacional, desenvolver novos produtos, entrar ou sair de mercados, escolher o mix de ofertas, entender a concorrência com visão macro, baixar ou subir os preços. Sem a tecnologia, tudo isso seria impossível com a mesma qualidade e velocidade. “Atendemos às necessidades de clientes de e-commerce, varejistas, atacadistas e indústrias, mas é principalmente a indústria que vê grande valor estratégico em nossas soluções”, afirma.

O grande diferencial da ferramenta é entregar uma visão completa do mercado, segmentando a informação por categorias e características relevantes para o contratante. “Temos mais de 500 subcategorias desenvolvidas, de notebook a carrinho de bebê”, diz Marcelo Magalhães, diretor de operações da empresa. A WebGlobal informa que 60% dos grandes players que são clientes utilizam a versão mais completa da ferramenta. “Esta versão ajuda o cliente não só a monitorar seus produtos, mas também os produtos da concorrência por meio de itens como disponibilidade, características, marca, lojistas que o comercializam, se o vendedor faz parte de um marketplace e muito mais”, conclui Magalhães.

A atualização das informações, como preço, é feita 24 horas por dia, 7 dias por semana, totalmente on-line, e respeita as diferenças de cada categoria de produto. Cardoso explica que a WebGlobal não se integra à plataforma de e-commerce de seus clientes nem à dos concorrentes, o que significa que não acessa dados sigilosos de ninguém. Desta forma, respeita  a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

“Trata-se de uma ferramenta de monitoramento dos produtos dos clientes e similares da concorrência baseado em informações públicas, ou seja, descrições dos produtos nas lojas virtuais. E tudo isso é feito por uma tecnologia própria, que atualiza as informações e gera gráficos comparativos no painel de controle do cliente”, acrescenta. E conclui: “Queremos continuar crescendo de forma acelerada, por isso a WebGlobal oferece soluções que cabem no orçamento dos pequenos comerciantes até as

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui