4 dicas de como aumentar o desempenho do seu e-commerce em 40%

Publicidade

Com o fechamento das lojas físicas e medidas de restrição devido à pandemia da Covid-19, o número de compras online aumentou. Segundo dados de pesquisas realizadas pela Ebit | Nilesen, o número de clientes comprando pela internet em 2020 no Brasil cresceu em mais de 13,2 milhões de pessoas, um aumento de 29% comparado a 2019.

Para a Akamai Technologies, empresa líder em soluções de cibersegurança e entrega de conteúdo, este aumento no número de compradores foi um dos fatores que contribui para o volume de tráfego, que teve um crescimento de 30% no primeiro semestre de 2020, e, consequentemente, na maior necessidade de atenção aos aspectos de segurança das plataformas de e-commerce. “Com o aumento da demanda  online, cresceu também a autonomia e a exigência do cliente, sendo o desempenho e a segurança online no setor de varejo e financeiro alguns dos principais requisitos,” analisa Claudio Baumann, diretor geral da América Latina da Akamai.

Comprometida a alcançar esse público, a Riachuelo expandiu seus serviços para o setor financeiro visando atender às demandas dos clientes por mais inovação e conveniência. Para criar um novo aplicativo de pagamento digital, a varejista brasileira de moda fez uma parceria com a Akamai, que forneceu serviços de segurança e aumento na performance dos sites e aplicativos, gerando um aumento no desempenho de seu e-commerce de 40%.

Publicidade

Tendo em conta as demandas e necessidades do mercado online, a Akamai, através da experiência de proteger a marca Riachuelo e de entregar uma ótima experiência ao usuário, compilou quatro dicas para websites de e-commerce aprimorarem a experiência do cliente online.

1 Atualize a segurança digital 

Os ciberataques cresceram rapidamente durante a pandemia, aproveitando o enorme aumento das transações digitais e a entrada de novos usuários, inexperientes, nesse mercado. Entre 2018 e 2020 a Akamai observou mais de 60 bilhões de ciberataques direcionados ao setor de varejo. Mas não só o varejo foi impactado. Em 2020 ocorreram 3,4 bilhões de ciberataques especificamente em serviços financeiros no mundo todo, um crescimento de 45% em relação a 2019.

Rodrigo Godoi, chefe de cibersegurança na Riachuelo, acredita que os varejistas devem estar atentos às mudanças nas necessidades do mercado e ao comportamento do consumidor, buscando soluções que melhorem o atendimento ao cliente. “Introduzimos recursos de pagamento digital para aprimorar nosso relacionamento com o cliente, e, ao unirmos duas frentes de mercado importantes como os setores de varejo e financeiro, com um banco digital, é necessário oferecer um serviço de qualidade e, acima de tudo, seguro”, afirma.

Os websites de e-commerce precisam estar preparados com programas específicos de segurança digital contra os ataques digitais, seja para seus próprios dados enquanto empresa ou de seus clientes, que normalmente se cadastram com informações pessoais nas plataformas online. A Riachuelo, em parecia com a Akamai, ativou seu serviço de proteção a Websites no dia de maior movimentação de compras no país, a Black Friday, e a solução ajudou a evitar uma média de três horas de inatividade por mês e as consequentes perdas de receita.

2- Invista na otimização das plataformas

Ter vídeos e imagens de seus produtos em alta qualidade é uma das melhores maneiras de manter os usuários engajados e oferecer uma melhor experiência de compra. Garantir que o e-commerce esteja preparado para receber grandes quantidades de acessos e, ao mesmo tempo, otimizado para que todo o conteúdo seja acessado rapidamente se sem falhas é um desafio, sendo necessária a adoção de serviços de otimização do desempenho no website, no e-commerce e em aplicativos.

Segundo Baumann, os varejistas precisam encontrar formas e soluções que lhes permitam continuar a oferecer uma experiência on-line atraente e confiável para seus clientes. “Um segundo de atraso no carregamento do site pode gerar queda de até 16% em satisfação do cliente e 7% em conversões. Estatísticas de anos anteriores revelam que 2.4 segundos é o tempo ideal de carregamento de um site para os usuários. Quando o consumidor tem uma experiência ruim, 43% dos clientes abandonam o website e procuram outra marca, e 28% afirmam não retornar mais ao website lento”, conclui.

Adotando essa estratégia, a Riachuelo conseguiu que mais pessoas navegassem nas diferentes plataformas da marca, com excelente experiência e sem sacrificar a segurança.

3- Combine a conveniência das compras online com um banco digital

Segundo levantamento da Akamai, em 2021, 25% dos brasileiros bancarizados afirmam utilizar serviços financeiros de empresas de varejo. Vale a pena considerar expandir seus negócios digitais com serviços bancários. A Riachuelo está alcançando novos clientes e mercados com essa estratégia.

O foco é atender às necessidades dos clientes, e o varejo e-commerce precisa planejar a  migração do banco de dados de milhões de clientes de cartão de crédito para o banco digital, usando descontos e promoções para impulsionar a venda cruzada. Isso é bom para ambos os negócios da empresa e ótimo para os consumidores, que passa a ter acesso a produtos e serviços de maneira combinada.

4- Implemente um programa de fidelidade personalizado 

Um programa de fidelidade bem estruturado e personalizado mostra ao cliente o valor que possui para a marca. Construir um vínculo com o consumidor aumenta a probabilidade de uma compra. A lucratividade depende de relacionamentos sólidos com os clientes, e os programas de fidelidade são grandes ferramentas para fortalecer esses vínculos.

Melhore a relação entre marca e consumidor, inicie ou fortaleça a confiança, visando o médio e longo prazos com vínculos duradouros. Além disso, considere o conjunto de todas as possíveis interações: o cliente precisa ter uma ótima experiência em dispositivos móveis ou computadores, com interfaces interativas e seguras.

Publicidade

Artigos recentes

Publicidade

Notícias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui