Mais

    Brasil cria 615.173 empregos nos primeiros 4 meses do ano

    Publicidade

    O Brasil registrou um saldo de 615.173 empregos gerados nos meses de janeiro, fevereiro, março e abril. As vagas são decorrentes de 5.820.897 admissões e de 5.205.724 desligamentos. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

    O resultado provém do levante econômico que o país está voltando a ter. As quatro regiões que tiveram saldo positivo na criação de empregos são o Sudeste (+75.804 postos), o Sul (+33.601 postos), o Centro-Oeste (+20.262 postos) e o Norte (+9.357). Apenas o Nordeste (-4.963 postos) fechou postos de trabalho formal.

    Publicidade

    Desemprego

    Embora o desemprego seja um grande problema para a maioria dos brasileiros (uma pesquisa recente encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e realizada pelo Instituto FSB Pesquisa, mostrou que 38% dos entrevistados têm medo de ficarem desempregados), o país começa o ano de 2022 com mais postos oferecidos. A tendência é que ao menos 2 milhões de pessoas estejam empregadas até o final do ano.

    “Mesmo com a problemática, temos a resiliência do povo brasileiro. O Brasil mostra um poderio para enfrentar tudo que acontece no mundo, como o pós pandemia e a guerra na Ucrânia”, comenta Jefferson Ribeiro, fundador da Aprova Bancários

    Empregos nos setores

    Publicidade

    Os setores da economia que registraram os maiores saldos positivos no mês de março foram o de serviços, com 111.513 novas vagas distribuídas principalmente nas atividades de informação, comunicação e atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativas; construção, com 25.059 novas vagas; indústria, com 15.260 novas vagas; e comércio, com 352 novas vagas.

    O Itaú, por exemplo, abriu vagas em Maio para gerentes e agentes de negócios. Os profissionais requisitados pelo Itaú serão responsáveis pelo relacionamento com grandes e médias empresas das regiões de Campo Grande (MS); Recife (PE); Curitiba (PR); Caxias do Sul e Novo Hamburgo (RS); e São Paulo. O banco não divulgou a remuneração. Os requisitos para ingressar na carreira são:

    • Certificação CPA-10 (Anbima)
    • Ensino superior completo em qualquer curso
    • Experiência em gestão de carteira de clientes Pessoa Jurídica
    • Experiência em prospecção de clientes

    “Algumas vagas têm requisitos específicos para os bancos, os trabalhos seriam para aqueles que já estão prontos (que já tem a formação). Embora a criação de vagas seja em todos os setores, quem deseja trabalhar em qualquer ramo, seja bancário ou não, pode procurar cursos para se profissionalizar”, finaliza Jefferson.

    Publicidade

    Artigos recentes

    Notícias Relacionadas

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui