Mais

    Tecnologia reduz custos em viagens corporativas

    Publicidade

    As viagens corporativas regressaram à esteira de crescimento após dois anos críticos de fronteiras fechadas, reflexos do isolamento social causado pela pandemia da Covid-19. Mas, agora, as projeções voltaram a ser otimistas.

    Globalmente, as viagens corporativas devem chegar a US$ 2 trilhões até 2028, com crescimento médio anual de 13,2%. É o que diz o relatório divulgado pela Valuates Reports, empresa de tendências do mercado.

    Publicidade

    No Brasil, o segmento faturou mais de R$ 1 bilhão no mês de maio, de acordo com a Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas (ABRACORP). No entanto, conforme a entidade, o alto custo do segmento impactou diretamente a recuperação do índice de viagens, que ficou 35% abaixo do que foi registrado no mesmo período de 2019.

    Nesse cenário, as soluções tecnológicas desempenham um papel fundamental para controlar custos, otimizar o tempo e gerar economia para as empresas que lidam com as viagens dos seus funcionários.

    A Teknisa, empresa mineira de software com foco em food service, encontrou a solução que precisava. A startup estava em busca de uma ferramenta de gestão eficiente e intuitiva, foi quando decidiu contratar a Onfly para otimizar a gestão de viagens e despesas por meio da plataforma all-in-one.

    Em pouco tempo sentiu a redução de custo em vários aspectos. A começar pela taxa de serviço. Antes, a Teknisa utilizava a Transaction fee (Taxa de transação), modelo no qual a cobrança é feita por cada transação realizada. Agora, com a utilização do Licença de uso, sistema que faz parte da plataforma Onfly, ela usufrui da licença de uso por meio de pacote. “No modelo anterior pagávamos R$ 15,00 por cada requisição. Ou seja, 50 solicitações custavam R$ 750,00. Com a Onfly, pagamos R$ 199,00 pela mesma quantidade de pedidos”, diz Diego Armando, gerente Administrativo da Teknisa.

    Publicidade

    O relatório de despesas de viagens (RDV) customizado pela Onfly também torna a gestão das despesas dos colaboradores mais prática, além de otimizar o tempo e dar mais qualidade às entregas.

    “A Onfly não é simplesmente uma agência de viagem. Eles querem ser um prestador de serviço que solucione os problemas de clientes em vários aspectos. A Onfly e a Teknisa juntas têm sido um case de sucesso”, ressalta Diego.

    Relacionamento próximo

    Há dois meses utilizando a plataforma, a Marvin – Compras & Finanças, fintech dos recebíveis, sentiu em pouco tempo a redução nos custos ao utilizar os serviços da travel tech, especialmente em aéreos, hospedagens, locação de veículos e reembolsos.

    “Ainda não temos grandes históricos, mas já conseguimos economizar algo em torno de 20%”, conta Iolanda Leguizamon, analista de Pagamentos da Marvin.

    Para Iolanda, o relacionamento com a Onfly, desde o primeiro contato ao pós-venda, tem gerado resultados satisfatórios para a companhia. “O atendimento é ótimo, o retorno é ágil e tem uma boa receptividade com feedback”, afirma.

    Leticia Rolin, compradora na Superlógica, empresa de gestão de condomínios, disse que ficou mais fluido fechar as viagens dos funcionários pela plataforma. “Utilizar a tecnologia da Onfly tornou o processo mais prático, ágil e organizado”, reforça. Em pouco mais de oito meses de uso, a empresa economizou, em média, entre 15 e 20% em viagens corporativas.

    Para saber mais, acesse: www.onfly.com.br

    Publicidade

    Artigos recentes

    Notícias Relacionadas

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui