quinta-feira , 29 fevereiro 2024
Ínicio Mercado Investimento Tendência em franquias: repasse é oportunidade de investimento
InvestimentoNoticias

Tendência em franquias: repasse é oportunidade de investimento

132

A receita do mercado de franquias cresceu 13% no Brasil nos últimos 12 meses e as previsões para 2024 são de nova alta. Muito se fala em microfranquias, em franquias home based e em marcas consolidadas, mas um aspecto que ainda é inexplorado no Brasil, o repasse de operações, esconde boas oportunidades de negócio para quem quer investir no setor.

advogado especialista em Franquias do escritório BMF Advogados, Leandro Bonvechio, explica que a prática consiste em comprar uma unidade franqueada que ainda não está dando lucro, mas que pertence a uma rede consolidada e com potencial de crescimento. “Essa é uma forma de aproveitar a estrutura, o ponto comercial e o know-how da franqueadora, sem precisar passar por todo o processo de abertura de um novo negócio, que pode levar de seis meses a um ano”, conta.

Segundo o especialista em franquias, o repasse pode ser uma oportunidade de adquirir uma marca forte por um valor menor do que o investimento inicial, desde que se avalie bem os riscos e os passivos envolvidos na transação. “Nos Estados Unidos, essa modalidade é muito mais comum do que no Brasil, porque, se a franquia é um modelo de negócio já testado e aprovado, o repasse é uma forma de acelerar ainda mais o retorno sobre o investimento”, pontua.

Os números da Associação Brasileira de Franchising (ABF) mostram que o repasse de franquias teve alta de 0,7% no 3º trimestre de 2023, contra alta de 0,9% no mesmo período do ano passado. “Há um caminho a ser explorado e que pode ser rentável, desde que o empreendedor saiba analisar as oportunidades e tenha conhecimento de finanças”, diz o advogado.

Atenção e cuidados
Bonvechio explica que, antes de fechar negócio é preciso tomar alguns cuidados. O ideal é fazer uma auditoria na unidade para verificar todos os aspectos financeiros, jurídicos, operacionais e mercadológicos. “Antes de contratar esse serviço, faça um exame rápido e eficaz: confronte o plano de negócio da franqueadora com os números atuais da unidade. Um bom empresário que entenda de finanças consegue identificar quais os pontos que precisam melhorar na operação, para que ela alcance ou se aproxime dos resultados projetados pela franqueadora”, explica.

Bonvechio diz que, em muitos casos, questões pessoais ou falhas de gestão do antigo franqueado levaram à decisão de vender o negócio. Por isso, é importante conversar com ele e com a franqueadora para entender a situação e negociar as condições de pagamento e transferência. “Comprar uma franquia em repasse pode ser uma vantagem se o investidor souber analisar os riscos e as oportunidades, e contar com o apoio da franqueadora para reverter o quadro e tornar a unidade rentável”, conclui.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Conteúdo Relacionado

Privacy

Privacy by Design: guardando projetos contra riscos

O mundo digital sempre apresentou uma variedade bastante grande de elementos importantes...

Melhores práticas de investigações corporativas

As investigações corporativas desempenham um papel crucial na manutenção da transparência, integridade...

Motorola anuncia Smart Connect, solução para sincronização de dispositivos

A Lenovo e a Motorola anunciam o Smart Connect, uma solução de software que...