quinta-feira , 13 junho 2024
Ínicio Noticias X hiring: Twitter anuncia concorrente do LinkedIn
NoticiasRedes SociaisTecnologia

X hiring: Twitter anuncia concorrente do LinkedIn

333

Twitter desenvolve nova tecnologia mirando a disputa com as gigantes do recrutamento de mídia social. Conheça o X hiring, o mais novo concorrente do LinkedIn.

Hoje, o ambiente virtual é o maior “terreno” de disputas entre as empresas, sejam elas pequenas ou gigantescas no mundo digital. Esse cenário impulsiona uma constante evolução na  tecnologia, e as redes sociais não são exceção. 

Em um movimento surpreendente, o Twitter anunciou recentemente sua incursão no mercado de recrutamento com o lançamento do X Hiring, uma plataforma destinada a desafiar o domínio do LinkedIn no mundo corporativo.

Se você está familiarizado com o LinkedIn, sabe que se trata de uma plataforma de rede profissional amplamente utilizada para conexões de negócios, recrutamento e desenvolvimento de carreira. 

Agora, o Twitter está entrando nesse cenário competitivo com uma abordagem ousada e inovadora. Neste conteúdo, vamos mostrar as principais características deste tipo de ferramenta de recrutamento e falaremos um pouco sobre essa nova empreitada do Twitter, o X Hiring.

Qual o nome específico deste tipo de tecnologia e como ela funciona?

Este tipo de tecnologia é chamado de ferramenta de recrutamento de mídia social. Ela permite que as empresas publiquem vagas de emprego em suas plataformas de mídia social. 

Ferramentas desse tipo geralmente permitem que as empresas personalizem suas vagas, incluindo informações como o título do cargo, a descrição da função, os requisitos educacionais e de experiência e o salário. Elas também possibilitam às empresas rastrear o desempenho de suas vagas, incluindo o número de visualizações e solicitações.

Existem muitas ferramentas de recrutamento de mídia social disponíveis. Algumas delas são específicas para uma plataforma de mídia social, como o X Hiring, que é específico para o Twitter. 

Outras ferramentas são mais amplas e permitem que as empresas publiquem vagas em várias plataformas de mídia social, como o LinkedIn ou até mesmo o Facebook e o Twitter.

As ferramentas de recrutamento de mídia social oferecem uma série de vantagens para as empresas, permitindo que estas alcancem um público mais amplo de candidatos, reduzam seus custos de recrutamento e automatizem suas operações de recrutamento.

X hiring vs LinkedIn: Entenda essa disputa 

No dia 25 de agosto de 2023, o Twitter anunciou um novo recurso chamado X Hiring, que permite que empresas verificadas publiquem vagas de emprego em seus perfis. O recurso está atualmente em versão beta e disponível apenas para organizações que pagam uma taxa de assinatura de mil dólares por mês.

O X Hiring é uma clara tentativa do Twitter de competir com o LinkedIn, a rede social profissional dominante. O LinkedIn tem mais de 830 milhões de usuários em todo o mundo e é um dos principais canais de recrutamento para empresas de todos os tamanhos.

Aqui estão algumas das principais características do X Hiring:

  • disponível apenas para empresas verificadas;
  • possui taxa de assinatura mensal de mil dólares;
  • integração ao Twitter;
  • personalização de vagas;
  • disponível em inglês e em espanhol.

O X Hiring oferece algumas vantagens sobre o LinkedIn. Por exemplo, ele é integrado ao Twitter, o que significa que as empresas podem alcançar um público mais amplo de candidatos. Além disso, o X Hiring é mais personalizado do que o LinkedIn, permitindo que as organizações destaquem as vagas mais importantes e alcancem candidatos relevantes organicamente.

No entanto, o X Hiring também tem algumas desvantagens. Por exemplo, ele é mais caro do que o LinkedIn. Além disso, a nova ferramenta do twitter ainda está em fase de desenvolvimento, o que significa que pode haver bugs ou problemas de desempenho.

Ainda é cedo para dizer se o X Hiring será um sucesso. No entanto, o recurso tem o potencial para desafiar a dominância do LinkedIn no mercado de recrutamento on-line.

Compartilhar