quarta-feira , 12 junho 2024
Ínicio Noticias Destaque 5 recursos do WhatsApp para potencializar o seu negócio na Black Friday
DestaqueNoticiasRedes Sociais

5 recursos do WhatsApp para potencializar o seu negócio na Black Friday

340

A Black Friday se aproxima e, com ela, os comércios de todo o Brasil estão se preparando para um dos períodos de maior volume de vendas do ano. Diversas empresas já estão se movimentando para oferecer promoções irresistíveis e ainda garantir a melhor experiência de compra. E é nesse contexto que o WhatsApp se destaca como uma ferramenta fundamental para vendas e atendimento ao cliente.

De acordo com o CX Trends 2023, um estudo realizado pela Octadesk e Opinion Box, fica evidente o quanto os consumidores confiam no WhatsApp para suas interações com as marcas. 61% dos compradores preferem utilizar esse aplicativo para conversar com uma empresa, enquanto 67% confiam ou têm plena confiança no canal quando o assunto é realizar uma compra pelo app.

Rodrigo Ricco, fundador da Octadesk, plataforma de atendimento da Locaweb Company, conta que o uso do WhatsApp vai além das abordagens tradicionais e afirma que deixou de ser apenas um canal de mensagens e, graças às inovações introduzidas pela Meta, se tornou uma plataforma de negócios. “Presente em 99% dos celulares em operação no Brasil, o WhatsApp se tornou um forte aliado para as empresas, já que o consumidor se mostrou muito satisfeito com as conveniências em conversar com as empresas pelo canal. No entanto, para aproveitar ao máximo o potencial da plataforma, é essencial conhecer todas as possibilidades e recursos disponíveis para alavancar as vendas e proporcionar uma experiência de compra envolvente, especialmente em temporadas de altas vendas, como a Black Friday, que acontece no dia 24 de novembro”, afirma.

E para ajudar as empresas a potencializarem seus negócios durante a Black Friday, Ricco separou cinco recursos para quem quer apostar na venda via WhatsApp:

Respostas Rápidas

O CX Trends 2023 ainda mostra que 35% dos consumidores online fazem suas compras à noite ou durante a madrugada, sendo o horário mais popular. Com essa realidade, utilizar chatbots com mensagens automáticas para responder rapidamente às perguntas frequentes dos clientes, faz com com que você economize tempo e forneça informações relevantes. “Mesmo que o cliente saiba que está conversando com um bot, se o processo de comunicação for inteligente, ele não se importará. O que conta é que o cliente está sendo atendido, tendo suas dúvidas esclarecidas e os seus problemas resolvidos. E é exatamente essa proatividade que gera encantamento e engajamento, e que pode levar este usuário a efetuar mais compras”, destaca o especialista.

Click to WhatsApp

Outro recurso muito interessante e que contribui para alavancar os resultados na Black Friday, são os anúncios nas redes sociais, como Facebook e Instagram, no formato “click-to-chat” (clique para conversar). O grande diferencial desse tipo de anúncio do Grupo Meta é direcionar o usuário direto para uma conversa do WhatsApp, ao invés de levá-lo a um site ou página de captura. “O Click to WhatsApp é uma forma de anunciar que permite a conexão direta do usuário que foi impactado pelo anúncio com a empresa anunciante. Se traduz em uma oportunidade para comunicar as ofertas que atraem a atenção dos consumidores e incentivá-los a aproveitar as ofertas da Black Friday diretamente no canal preferido pelos brasileiros. Essa iniciativa pode ser a diferença entre perder ou concretizar uma venda”, alerta Rodrigo.

Catálogos

Outra facilidade do WhatsApp é a capacidade de criar uma loja completa dentro do aplicativo, proporcionando facilidade, conveniência e disponibilidade 24 horas por dia. “É possível compartilhar o catálogo de produtos e disponibilizar um carrinho de compras para que o usuário finalize a compra em um só lugar, de forma automatizada. A função de catálogos é excelente para compartilhar informações detalhadas sobre produtos com imagens, descrições e preços, facilitando a compra para o usuário. Além disso, com a tecnologia certa, ainda permite que toda a jornada de compra – desde a pesquisa até o pagamento – seja feita toda dentro daplataforma”, destaca Rodrigo.

Disparo em massa

Para quem deseja enviar uma mesma comunicação para um grande número de pessoas ao mesmo tempo, de forma automatizada, o uso da função de Disparo em Massa no WhatsApp pode ser uma estratégia válida. Na Black Friday, o recurso ajuda a distribuir de maneira eficiente as promoções e oferecer vendas proativas. Ricco recomenda planejar as campanhas com antecedência, criando mensagens que usem recursos diversos como imagens, vídeos e links para suas ofertas. “Garanta que tudo esteja pronto e testado antes do grande dia da Black Friday. Aproveite a funcionalidade para segmentar sua lista de contatos, personalizando a comunicação para diferentes grupos com base no histórico de compras, preferências e comportamento passado. Essa atividade pode ser uma forte aliada no pós-venda também. Após a Black Friday, continue se comunicando com os clientes que fizeram compras, fornecendo informações sobre o status do pedido, prazos de entrega e suporte contínuo”, ressalta.

Comunidades para empresas

Com o recurso de Comunidades, é possível criar grupos de discussões exclusivos para direcionar as ofertas para determinados grupos e se aproximar ainda mais do público. “Reunir membros com interesses semelhantes pode ser uma ótima escolha para criar comunicações personalizadas e assertivas. Dentro das Comunidades, os administradores podem controlar os envios de mensagens para todos os membros da comunidade, inserção ou remoção de participantes e até mesmo criar subgrupos ou autorização para deletar mensagens de terceiros quando necessário, tudo isso para manter o relacionamento com o público bem aquecido e potencializar as chances de compra e recompra”, explica Ricco.

Por fim, o especialista enfatiza que a divulgação no WhatsApp deve ser feita de forma responsável, evitando o envio excessivo de mensagens e respeitando as políticas de privacidade dos usuários. “O ponto é que a transformação digital não se trata apenas de estar presente no digital. No final das contas, o centro dessa mudança está pautado na experiência do usuário. Os negócios mudaram e a forma de se fazer negócio no mundo mudou, principalmente porque temos um novo perfil de consumidor e é preciso estar preparado para atendê-lo com sucesso”, finaliza.

Compartilhar