sexta-feira , 17 maio 2024
Ínicio Carreira Empregos Estudo mostra que funcionários que usam Inteligência Artificial podem poupar cerca de 390 horas de trabalho por ano
EmpregosNoticiasTecnologia

Estudo mostra que funcionários que usam Inteligência Artificial podem poupar cerca de 390 horas de trabalho por ano

370

A Inteligência Artificial (IA) continua demonstrando seu potencial revolucionário no mercado de trabalho. Um estudo realizado em maio de 2023 pela Censuswide para a Visier, plataforma de análise baseada em nuvem, divulgado em julho, indica que a adoção da tecnologia pode levar a uma economia de tempo significativa. Os resultados revelam que funcionários que utilizam IA podem economizar, em média, 390 horas de trabalho por ano, ou seja, cerca de 16 jornadas a menos.

O estudo, realizado no Reino Unido, Estados Unidos, Canadá e Alemanha, ouviu 3.030 pessoas que trabalham em empresas com mais de 250 funcionários e descobriu que aqueles que já estão adotando a IA no local de trabalho economizam 1,55 horas por dia.

Arnobio Morelix, CEO da Faculdade Sirius, instituição de ensino focada em Ciência de Dados e Inteligência Artificial, enfatizou a relevância desses resultados para o futuro do mercado de trabalho. “A IA tem o potencial de revolucionar a forma como trabalhamos, aumentando significativamente nossa produtividade e liberando tempo para tarefas mais estratégicas e criativas. Essa tecnologia é uma ferramenta poderosa que pode melhorar as habilidades e impulsionar as carreiras dos profissionais”.

Substituição de empregos por IA

A pesquisa revelou que, apesar dos benefícios, muitos funcionários têm receios em relação à competição com a Inteligência Artificial. Cerca de 53% dos entrevistados expressaram preocupação com a possibilidade de a tecnologia substituir suas habilidades e resultar em perda de emprego. No entanto, 67% reconheceram a importância do desenvolvimento de habilidades em IA para o crescimento futuro de suas carreiras.

Morelix esclarece que, no futuro, todo profissional de alto desempenho trabalhará diariamente em parceria com robôs “co-workers” e precisará ter conhecimento em ciência de dados. “A inteligência artificial é mais uma ferramenta que potencializa as habilidades humanas do que uma substituta direta. Os profissionais do futuro serão aqueles capazes de trabalhar em harmonia com robôs e utilizá-los para se destacar como profissional”, finaliza.

Compartilhar

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Conteúdo Relacionado

Saiba quais são as rotinas fiscais que tiram o sono das PMEs e como evitar os riscos

Conhecido por sua complexidade e burocracia, o sistema tributário brasileiro será reformado...

SERES Auto apresenta nova plataforma focada em carros de luxo inteligentes

A SERES Auto, principal empresa chinesa de veículos de novas fontes de...

Especialistas que compartilham conhecimento fortalecem sua autoridade e combatem a desinformação

Com a popularização das redes sociais dos últimos anos, a disseminação  de fake...

IAS anuncia Election Lab para orientar gestão de campanhas digitais às vésperas das eleições de 2024

A Integral Ad Science (IAS), plataforma líder global em medição e otimização...