sexta-feira , 21 junho 2024
Ínicio Empreendedorismo Multipropriedade é um bom negócio? 5 dicas para tomar uma decisão consciente
EmpreendedorismoNoticias

Multipropriedade é um bom negócio? 5 dicas para tomar uma decisão consciente

138

O mercado de multipropriedade no Brasil vive um momento de crescimento acelerado, impulsionado pela busca por experiências de lazer de qualidade e a crescente valorização do tempo livre. No período 2022/2023, o Valor Geral de Vendas (VGV) do mercado da multipropriedade no Brasil alcançou R$ 59,9 bilhões, uma alta de 43,3%, se comparado ao período anterior. Com projeção de ultrapassar os R$ 138 milhões em vendas em 2024,  o Amazon Parques & Resorts é um dos empreendimentos de destaque no cenário nacional.

O complexo turístico e hoteleiro está sendo construído em Penha, no litoral norte de Santa Catarina, próximo ao parque multitemático Beto Carrero World. Com quase 10 mil m² de área de lazer, trará uma série de atrações, entre elas, plantas nativas da Amazônia,   piscina de 420 m², brinquedos aquáticos, trilhas em meio à natureza,  bosque com tirolesa e arvorismo, quadras de areia e de beach tênis com tamanhos oficiais, além de 10 jacuzzis privativas. No total, são 420 leitos com capacidade de receber 1.056 hóspedes.

Insatisfação profissional: pesquisa revela panorama do trabalho no Brasil

Segundo um dos diretores comerciais da empresa, Sergio Carmi, investir em multipropriedade tem inúmeras vantagens que ainda são, muitas vezes, desconhecidas pelos brasileiros, já que no exterior este modelo de propriedade é amplamente conhecido. Para esclarecer as dúvidas, ele separou 5 dicas para ajudar quem ainda não sabe se comprar uma multipropriedade é um bom negócio. Confira.

1 – Flexibilidade de uso

Procure saber se o empreendimento a ser adquirido é filiado a uma empresa intercambiadora, ou seja, nesse caso, ao adquirir a multipropriedade, o cliente tem o direito de usufruir de seu espaço em determinados períodos do ano ou ainda, trocar as suas permanências por outros destinos espalhados pelo mundo. A Amazon Parques & Resorts, por exemplo, é filiada à RCI,com  mais de 4.200 resorts no mundo.

2 – Custo-benefício

Ao adquirir uma multipropriedade, você divide o valor do imóvel com outros proprietários por meio de cotas ou frações, o que torna o custo total bem menor do que se você comprasse o imóvel inteiro. Isso garante uma excelente relação entre custo e benefício, permitindo desfrutar de acomodações de alta qualidade a um preço acessível em datas previamente escolhidas.

3 – Não precisa se preocupar com manutenção e administração

Na multipropriedade você recebe um imóvel pronto, mobiliado e equipado. Outra vantagem é que você só precisa se preocupar em arrumar as malas, já que toda a preocupação com manutenção do imóvel e administração são feitas por uma empresa especializada. No Amazon Parques & Resorts, a gestão hoteleira ficará por conta da Wyndham Hotels & Resorts, maior rede hoteleira do planeta, com mais de 9 mil hotéis em quase 95 países.

4 – Oportunidade de Renda 

A multipropriedade vai além do lazer! Caso você opte por não viajar, você tem a opção de alugar a sua unidade, gerando renda extra para complementar suas finanças. Essa flexibilidade permite que você maximize o retorno do seu investimento e não deixe o imóvel ocioso.

5 – Potencial de valorização

Embora o objetivo principal de uma multipropriedade seja desfrutar de férias, algumas propriedades podem oferecer potencial de valorização ao longo do tempo,  como é o caso do Amazon Parques & Resorts, que está sendo construído no litoral catarinense, região com as melhores valorizações imobiliárias do país.

03 dicas valiosas para não cair em golpes deepfake

Por conta de tantos atrativos, a multipropriedade tem crescido no Brasil e o Amazon Parques & Resorts se destaca como referência no segmento.  No ano passado, o empreendimento registrou quase R$ 75 milhões em vendas e, para este ano, tem projeção de ultrapassar R$ 138 milhões. Recentemente, anunciou uma reformulação no departamento comercial com a expansão para o Paraná e abertura de uma sala de vendas em Foz do Iguaçu, prevista para iniciar as operações em maio deste ano.

Compartilhar