MedTech com maior plataforma de educação para médicos do país recebe aporte de R$ 60 milhões

Publicidade

Capital será investido em tecnologia e na ampliação do time da companhia

 A Sanar, MedTech brasileira que possui a maior plataforma online de educação médica do país, fechou sua rodada da série B com um aporte de R$ 60 milhões, co-liderada pelos fundos de investimento DNA Capital e Valor Capital. A rodada contou também com a participação da Vox Capital e e.Bricks Ventures, investidores da Sanar na Série A.  Com os recursos, a startup irá ampliar seu quadro e fazer investimentos massivos em tecnologia.

Com atuação 100% online, a Sanar projeta ser, em quatro anos, a primeira empresa a estar presente em toda a jornada profissional dos médicos e outros profissionais da saúde. Hoje, a startup já possui clientes em mais de 5.000 cidades e 7 países como Argentina, Paraguai, Bolívia e Portugal.

“A nossa missão é oferecer todas as ferramentas para que os médicos se transformem em super médicos. A demanda por esses profissionais está crescendo e por isso eles deverão ser cada vez mais produtivos, humanos e precisarão ter acesso a conteúdo e educação de qualidade”, explica Ubiraci Mercês, CEO da Sanar.

Publicidade

Na visão de Antoine Colaco, sócio da Valor Capital Group, a startup pode transformar a saúde de maneira disruptiva. “A Sanar atende o profissional da medicina em vários estágios da carreira, fornecendo informações de alta qualidade e em múltiplas plataformas”.

A startup entende que o médico é a peça chave para tornar o sistema de saúde mais eficiente. “Hoje, o sistema de saúde é complexo e ineficiente, e grande parte das decisões da cadeia de custo deste setor passa por esse profissional. Aumentar a sua capacidade pode gerar ganhos inimagináveis para a sociedade”.

Para ajudar a cumprir essa missão, a Sanar construiu produtos para cada momento da jornada médica. Para estudantes, o SanarFlix, uma plataforma de educação com milhares de conteúdos criados pelos melhores professores do país. Para quem quer fazer as provas de residência, existe o curso preparatório Residência Médica Sanar. Para o dia-a-dia do médico, a empresa criou o Yellowbook, um app de orientação inteligente que ajuda na tomada de decisão rápida e confiável.

A estratégia da Sanar também passa pela criação de comunidades online com conteúdo gratuito e interação com os usuários. Assim, a empresa consegue rapidamente identificar as demandas dos médicos e então ativar a produção de conhecimento em linha com que eles precisam ou até mesmo criar novos produtos.

Foi desta forma que a Sanar identificou, por exemplo, que estudantes de medicina e médicos em formação enfrentam dificuldades financeiras nesse período. A partir deste insight,  foi criado o SanarUp, que oferece financiamento para quem precisa de uma grana extra para seguir com os estudos.

“A Sanar é um exemplo de empresa inovadora que está fazendo a diferença ao expandir as fronteiras do que é possível ser feito em saúde” diz Luiz Henrique Noronha, diretor de VC da DNA Capital.

Combinar o conhecimento gerado a partir de dados e análise de comportamento com tecnologia possibilita criar soluções num patamar muito superior ao mercado. Vinícius Cogo, médico pediatra parte do time da Sanar, comenta “Estamos gerando uma quantidade incrível de dados do comportamento dos médicos e catalogando uma imensidão de conhecimento técnico da medicina”.

Enquanto avança na construção de soluções para cada etapa da vida do médico, a Sanar produz e disponibiliza gratuitamente conhecimento através de casos clínicos, guias de conduta, protocolos, aulas, artigos científicos e uma infinidade de conteúdos.

Desta forma, a empresa se consolida cada vez mais como o local de busca e oferta de informação ideal para a prática médica. No futuro, a companhia quer ser capaz de ajudar os médicos em consultas em tempo real, ajudando a ler exames e a recomendar tratamento conforme os guidelines mais atualizados, sobretudo para aqueles profissionais que operam em locais com sub-atendimento de saúde.

“Acreditamos que homem e máquina combinados vão produzir uma medicina de outro patamar. Estamos só no início desta jornada”, completa Ubiraci.

Publicidade

Artigos recentes

Publicidade

Notícias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui