O que esperar de uma geração que não utiliza a palavra “boleto”?

Publicidade

A geração Z chegou mais forte do que nunca e virou assunto da internet nos últimos dias. Se você está minimamente atento nas redes, pode ter se perguntado se já é “cringe” na visão dos jovens.

E o que esperar dessa geração que não gosta de calça skinny, não gostam de tomar café da manhã, não acham legal usar emojis e nem gostam de falar “boleto”? Você sabe quais são as características da geração Z? Vamos falar mais sobre eles!

Quem é a geração Z?

A geração Z é a definição sociológica para pessoas nascidas de 1995 a 2010. Essas são pessoas que já nasceram em um mundo tecnológico e, diferente dos millennials, não pegaram a transição da tecnologia e digitalização, mas cresceram com telas e aumento cada vez maior dessas facilidades.

Publicidade

Por serem muito conectados com as redes, esses jovens simplificam muitas tarefas e fazem parte das adaptações e conectividades do mundo.

Embora os millenials tenham ganhado bastante atenção nos últimos anos, a Geração Z, ou “GenZ” está gerando grande burburinho. Além de estarem no centro das atenções por esses tempos, a geração está iniciando no mercado de trabalho e esse é um ponto essencial para marcas e empresas.

Quais as características e o que esperar da Geração Z?

Como dissemos, por terem crescido em um mundo tecnológico, sem precisar passar por essa transição, a geração Z tem características diferentes das passadas e isso reflete na vida financeira, social, trabalho, família e relacionamentos.

Se lá atrás no passado as pessoas se preocupavam muito com carreira e previdência privada ou pública, a geração Z atualiza os conceitos de propósito dos millennials e dão ainda novas características para o mundo profissional.

Para você entender mais sobre essas pessoas, reunimos algumas características esperadas vindas dos jovens. Acompanhe!

Digitais

Obviamente essa é uma geração digital e não existe estar online ou offline, afinal, o digital e estar na rede faz parte do dia a dia e não há o conceito de “desligamento”.

Essa geração se adapta de forma muito rápida às tendências e plataformas e para eles é essencial contar com ferramentas para facilitar suas tarefas, sejam pessoais, no trabalho ou no estudo.

Empoderados

Outra característica importante a ser levantada é que a geração Z não espera para agir apenas após receber ordens, eles são mais proativos e se oferecem para participar dos processos com sede de aprender.

As pessoas dessa geração conseguem concluir um trabalho com mais rapidez (principalmente se existe tecnologia envolvida) e não tendem a ficar esperando para pegar outra tarefa. Quando menos se espera, eles por conta própria já estão desenvolvendo outros projetos, estão envolvidos em outras tarefas.

Criativos e inovadores

Por estarem sempre conectados e captando diversas ideias, a geração Z tende a ser criativa e inovadora e processos burocráticos e complexos não os satisfazem, por isso, é esperado que essa geração crie muitas soluções e empreenda em cima delas nos próximos anos.

Pressa na carreira

Segundo pesquisa realizada por uma empresa de recrutamento e seleção, os jovens da Geração Z têm pressa na carreira e querem ser líderes em um futuro muito próximo. Para eles, há grande interesse em desenvolvimento de habilidades para que papéis de liderança e estratégicos sejam ocupados nos próximos 5 anos.

Isso pode levar grandes vantagens competitivas para as empresas que terão pessoas criativas, inovadoras e que esperam um crescimento profissional, o que tende a que os resultados sejam expressivos.

Solitários e depressivos

Ao mesmo tempo que diversas são as características positivas dessa geração, há também os problemas que ela carrega. Com a saúde mental cada vez mais em foco, ela tende a ser um desafio para a geração Z.

Justamente por estarem tão conectados, os jovens tendem a se comparar muito com pessoas e vidas da rede – que nem sempre é assim tão real – e desejam sonhos, corpos e objetivos difíceis de serem conquistados.

O lado positivo é que essa geração está aberta para entender suas vulnerabilidades e ainda não acha terapia cringe.

O que você já conhecia da geração Z e o quanto cringe você acha que já é? Conhecer as gerações e suas características é importante para lidar com pessoas, estratégias de mercado e relações. Aproveite que sabe mais sobre ela e olhe para os gen z do seu redor!

Publicidade

Artigos recentes

Notícias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui