quarta-feira , 17 abril 2024
Ínicio Noticias Robô colaborativo para cirurgias de quadril recebe aprovação da Anvisa
NoticiasNovidades

Robô colaborativo para cirurgias de quadril recebe aprovação da Anvisa

68
Compartilhe

Após três anos da chegada e das inúmeras contribuições do primeiro robô para artroplastias de joelho ao país, ROSA® Knee System, a Zimmer Biomet, líder global em saúde musculoesquelética, anuncia uma novidade que promete inovar no universo das cirurgias de quadril. Recém-aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a nova plataforma robótica ROSA® Hip desembarcou no Brasil, passando a contribuir com a máxima precisão e personalização aos procedimentos que substituem a articulação do quadril por próteses ortopédicas.

Goiás vence em duas categorias do Prêmio Municípios Mineradores

De acordo com André Grativol, General Manager da Zimmer Biomet no Brasil, o ROSA® Hip foi desenvolvido para atuar de maneira centrada no cirurgião, auxiliando nas artroplastias de quadril, para um procedimento minimamente invasivo e com maior facilidade no encaixe e posicionamento dos implantes.

“O robô permite que os cirurgiões tenham uma visão otimizada da região e consigam preservar os tecidos que revestem a cartilagem. Ele conta com uma tecnologia integrada que capta todos os dados anatômicos do paciente e alinha as informações e imagens pré-operatórias, com a análise em tempo real, durante o ato cirúrgico. É possível criar um plano de abordagem personalizado, fazer ajustes finos sobre as incisões e encaixar a prótese com bastante precisão, se compararmos com a cirurgia convencional”, destaca o executivo.

O ROSA® Hip tem uma atuação baseada em fluoroscopia – que fornece imagens em movimento e em tempo real da articulação, a partir da emissão de raios X. A plataforma é composta por uma tecnologia que integra um braço robótico a softwares avançados, baseados em dados, que realizam o planejamento pré-operatório em 3D e fornecem informações intraoperatórias sobre a estrutura dos tecidos moles e da anatomia óssea do paciente.

GWM inaugura primeira concessionária no estado de Tocantins

Tais funcionalidades facilitam a exatidão do corte ósseo, a análise de amplitude de movimento no ato cirúrgico e a melhor combinação de implantes para cada paciente. Atualmente, a técnica cirúrgica compatível com a plataforma robótica de quadril é por via anterior, procedimento em que não é necessário realizar nenhum corte em músculo ou tendão. Com essa técnica, os músculos são apenas afastados um do outro, promovendo um pós-operatório menos doloroso e com menos fraqueza muscular, sendo mais rápido e mais confortável para o paciente.

Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Conteúdo Relacionado

Linguagens Tech: Como escolher a melhor para o negócio?

Escolher a linguagem de programação certa pode ser o divisor de águas...

Hora Max: TNT, TNT Séries e Warner Channel transmitem ‘O Regime’ em abril

A Hora Max seleciona os melhores títulos do streaming e os leva para os...

Ensino técnico profissionalizante cresce entre os jovens

Dados do Censo Escolar 2023, divulgados recentemente pelo Ministério da Educação (MEC)...