quinta-feira , 29 fevereiro 2024
Ínicio Mercado Vendas online cresceram 70% entre as pequenas e médias empresas em função do Carnaval
MercadoNoticias

Vendas online cresceram 70% entre as pequenas e médias empresas em função do Carnaval

Especialista em marketing e gestão comercial, Rafael Jakubowski ressalta que indicativos de pesquisa comprovam o potencial de comércio através de plataformas digitais no Brasil, e ressalta a importância da estratégia para elevar o faturamento

100

O sucesso das vendas online entre as pequenas e médias empresas brasileiras para o Carnaval de 2024 é mais um indicador do potencial do comércio eletrônico no país. Segundo dados de um levantamento realizado pela Nuvemshop – plataforma para criação de lojas online –, de 1º de janeiro a 4 de fevereiro de 2024, mais de 51 mil produtos relacionados à data festiva foram comercializados, correspondendo ao crescimento de 70% em relação ao mesmo período de 2023. Em faturamento, as PMEs já movimentaram mais de R$ 1,4 milhão com vendas online em função da folia. As fantasias representaram um aumento de 339% neste ano.

Quer abrir uma franquia do seu restaurante? Investir em uma gestão automatizada é essencial para esse próximo passo

Para Rafael Jakubowski, especialista em marketing e gestão comercial, o comércio online é uma das maiores oportunidades de faturamento para as micro, pequenas e médias empresas, porém, para alcançar altos patamares, é fundamental ter estratégia. “Muitos empreendedores ainda acreditam que planejamento estratégico é coisa de grandes corporações. Mas, não é. Os menores precisam se dedicar a isso, entender o perfil do seu público-alvo e criar mecanismos para atraí-lo, fideliza-lo”, ressalta o executivo, que também é CEO da Sanders Digital e CMO as a Service em companhias, como Energy Group e BN Engenharia, além de responder pelas estratégias de e-commerce da Vitafor.

Jakubowski destaca que, assim como a loja virtual, há outra ferramenta capaz de impulsionar expressivamente o faturamento se for utilizada de maneira adequada: o WhatsApp. “Há uma pesquisa recente do Sebrae revelando que aproximadamente 70% das Micro e Pequenas Empresas (MPE) no País utilizam ferramentas digitais para efetuar vendas. E, dentre as plataformas mais utilizadas, o WhatsApp lidera o ranking com 56%. Portanto, é fundamental ter estratégia na segmentação e na abordagem”, explica.

Outro dado que confirma a eficácia desse direcionamento, apontado também no levantamento da Nuvemshop em função do Carnaval, é volume de produtos cadastrados com o termo “carnaval” nas lojas virtuais das PMEs. O crescimento foi de 148% em comparação com 2023. Além disso, houve um aumento nas vendas dos produtos registrados com as palavras “glitter” e “lantejoula”. “Ou seja, o empreendedor precisa estar atento a essas estratégias de funil, assim, atingirá o cliente pela oportunidade da data, terá a chance de cadastrá-lo em seu banco de dados e manter relacionamento através das ferramentas de comunicação, em especial o WhatsApp, aplicativo que está em 99% dos celulares no Brasil”, justifica Jakubowski.

O CEO da Sander Digital elenca três dicas cruciais para potencializar as vendas online nas próximas datas temáticas ao longo do ano. São elas:

  1. O produto certo para a pessoa certa: não adianta enviar aquela mesma imagem de oferta para todos os clientes! Divida os perfis por grupos, por exemplo: quem gosta de roupas da cor verde, aqueles que compraram bermudas, e assim por diante. Com isso, é possível oferecer opções que se encaixem melhor nas necessidades daquele grupo de clientes, o que faz a conversão em vendas aumentar.
  2. Foque na recompra: conquistar um cliente é um desafio e muitas vezes o atendente acaba não dando atenção para a recompra desse cliente. Portanto, sempre que um cliente comprar, é estratégico criar uma rotina para abordá-lo com novidades e ofertas que combinem com o perfil dele.
  3. Crie um cupom de desconto mais agressivo para atrair clientes antigos que não compraram mais: estabeleça uma base de clientes, isso vale ouro. Quanto mais se aprende a vender para essa base, mais lucrativo o negócio fica. É importante criar um cupom de desconto com uma vantagem que realmente faça os clientes que não compraram mais sentirem vontade de consumir, aproveitar a oportunidade. Isso vai reaquecer a chama das vendas com esses perfis. Além disso, mantenha a comunicação com ele depois, o atendimento pós-venda é fundamental para a fidelização.

“Atuo com mentoria, treinamentos e palestras para micro, pequenas, médias e grandes companhias de diferentes segmentos e, somente nos últimos 12 meses, com adequações nos processos de abordagem, geramos mais de R$ 50 milhões em faturamento para os clientes através de estratégias pelo WhatsApp”, enfatiza o especialista em gestão comercial.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Conteúdo Relacionado

Privacy

Privacy by Design: guardando projetos contra riscos

O mundo digital sempre apresentou uma variedade bastante grande de elementos importantes...

Melhores práticas de investigações corporativas

As investigações corporativas desempenham um papel crucial na manutenção da transparência, integridade...

Motorola anuncia Smart Connect, solução para sincronização de dispositivos

A Lenovo e a Motorola anunciam o Smart Connect, uma solução de software que...