Você sabia que o pagamento recorrente pode ampliar a receita da sua loja?

Publicidade

Claudio Dias – Ceo da Pagolivre

O pagamento recorrente, além de ser uma forte tendência no mercado, pode ser utilizado nos mais diferentes negócios. São muitos os benefícios na adoção do pagamento recorrente, tanto para as empresas quanto para os consumidores.

Se as empresas saem na frente pela dinâmica de gestão, os clientes são atraídos pelas facilidades de pagamento e praticidade. Por isso, preparei um artigo para abordar o assunto e esclarecer todas as suas dúvidas. O que é pagamento recorrente, como e porque aplicá-lo em seu negócio. Se a sua empresa procura novas soluções com o objetivo de aumentar as vendas, fique por aqui!

Publicidade

Entendendo o pagamento recorrente

O Pagamento recorrente está diretamente relacionado aos serviços contínuos, no modelo de assinaturas. Por exemplo; sabe aquele serviço que você paga todo mês, como academias, tv por assinatura, assinatura de revistas, clube de vinhos, entre outros? Pronto, o pagamento recorrente pode ser aplicado em um serviço que é contratado por um determinado período, como se fosse uma assinatura. Com ele, o valor total da compra não compromete o limite do cartão do seu cliente, mas apenas o valor da parcela.

 

Mas quais as vantagens para os clientes?

Além de organizar melhor o seu orçamento mensal, a inadimplência também é reduzida, pois o cliente passa a ter claramente o valor que será pago em cada mês.

Muito mais simples e prático para o seu cliente, que tem acesso a boas negociações.

Será que a minha empresa pode usar pagamento recorrente?

Qualquer empresa que venda para clientes, uma ou várias vezes no ano, pode usar o modelo de pagamento recorrente, como por exemplo:

– Educação – Escolas, EADs, Universidades, cursos livres, entre outros;

– Academias (escolas de pilates, RPG, Cross Training, além de profissionais liberais, como personal trainer, professores de dança, etc;

–  Clínicas diversas, como; odontológicas, de estética, veterinárias;

– PetShops, salões de beleza, contabilidades, clubes de assinatura, condomínios, imobiliárias, apps e muitas outras.

O que o meu negócio precisa para começar a usar pagamento recorrente?

Antes de mais nada, é preciso automatizar o processo de cobrança da sua empresa. Como? No caso do pagamento recorrente, você vai precisar de uma subadquirente com Gateway de pagamento para te auxiliar.

O Gateway de pagamento é responsável por fazer a ligação entre o lojista (estabelecimento), a adquirente e as operadoras de cartões de crédito para a realização das transações de pagamentos online. Além de rápido, conta com alta tecnologia para armazenar os dados com toda a segurança necessária. E por falar em segurança, é importante que a subadquirente possua o certificado PCI-DSS, que é composto por um conjunto de requerimentos e procedimentos de segurança para proteger informações dos portadores de cartão e também estar de acordo com todas as normas exigidas pela LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados).

O gateway de pagamento funciona como um intermediário entre as credenciadoras de cartão de crédito e o seu negócio para atender aos clientes.

Além das transações de pagamentos, a subadquirente faz a gestão do negócio e custódia dos valores repassados aos lojistas.

Existem vários planos de todos os tipos com várias funcionalidades para auxiliar você a reduzir taxas, inadimplência, aumentar as vendas pontuais, parceladas e recorrentes.

* Claudio Dias, formado em Matemática na FMU e Gestão Empresarial na FGVacumula mais de 30 anos de experiência na área de tecnologia e inovação. Foi fundador da Gopay, e atualmente é Cofundador e sócio da Joinkey  e CEO da Pagolivre, empresa, especializada em meios de pagamento e recorrência.

Publicidade

Artigos recentes

Notícias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui