Mais

    41% dos brasileiros nunca ouviram falar sobre Super Apps

    Publicidade

    Aplicativos com experiência completa, eficientes e com a possibilidade de fornecer vários serviços. Super aplicativos são apostas altas feitas por grandes marcas, que se inspiram no chinês WeChat para se tornarem o aplicativo hegemônico no Brasil. Eles têm o potencial de aumentar o número de downloads, ampliar a presença da marca, coletar dados e aproximar os clientes, gerando mais relevância no mercado. Mas, até que ponto os consumidores sabem do que esse conceito se trata? Será que os investimentos das marcas de super apps brasileiras já geraram algum resultado?

    A partir desse cenário, a ILUMEO, consultoria de inteligência focada em dados e tecnologia, produziu a pesquisa “Super Apps – Estudo do Comportamento do Consumidor e Marcas”. A empresa ouviu 1.300 pessoas que possuem aplicativos instalados em seus celulares, dentro do período de julho a agosto de 2022, para entender o nível de conhecimento dos Super Apps pelos usuários e os reais motivos para a adoção da tecnologia.

    Publicidade

    Os resultados mostram que ainda há muito a trilhar para que a ideia de um “Super App” seja realmente compreendida e atraia o público: 41% dos entrevistados dizem que nunca ouviram falar neste termo. Até mesmo entre o público early adopter, aqueles mais abertos à inovação e tecnologia, 30% deles disseram que não conhecem o termo.

    “Para se ter uma ideia de como a categoria ainda é difusa na cabeça dos consumidores, quando eles são perguntados – através de pergunta aberta, sem alternativa – sobre ‘as marcas que vem à cabeça ao pensar em super apps’, surgiram nomes de 400 marcas de 38 categorias diferentes”, comenta Otávio Freire, Head of Science e sócio da ILUMEO. “Varejistas prevalecem, mas as pessoas também lembram de bancos, streamings, buscadores, redes sociais, empresas de saúde, benefícios, viagens, mobilidade, delivery, moda, esporte entre outras”.

    Oportunidade para as marcas

    Ainda que haja esse entrave em relação ao conhecimento de Super App, vale observar que a pesquisa indicou que dentre os consumidores que sabem do que se trata, o conceito é muito bem estabelecido. Outro ponto importante é que mesmo as pessoas com perfil analógico, mais reticentes à inovação e que apesar de não saberem conceituar o papel do Super App, conhecem as marcas que utilizam a tecnologia e muitas delas possuem estes aplicativos instalados em seus celulares. A taxa de rejeição é baixa. Apenas 7% declaram que não instalariam qualquer Super App de forma nenhuma.

    Publicidade

    O estudo levantou quais os Super Apps mais conhecidos e mais instalados nos celulares dos consumidores: Shopee é o líder em awareness. Dentre aqueles que já ouviram falar em algum super app, 91% dizem conhecer a marca. Na sequência, aparecem Uber (86%), iFood (85%) e Americanas (84%). Os resultados também mostram os motivos mais importantes para a adoção de Super App por parte dos usuários. As alavancas de comportamento que fazem as pessoas se interessarem e baixarem Super Apps e todos os detalhes do estudo serão apresentados na Ilumeo Sessions – Super Apps, palestra que ocorrerá no dia 28 de setembro, às 10h30. O evento é online e gratuito, e as inscrições podem ser feitas através do link.

    Publicidade

    Artigos recentes

    Notícias Relacionadas

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui