Aplicativo de e-book cresce mais de 600% neste ano

Skeelo salta para 28 milhões usuários no período de isolamento

0

O ditado que diz que o brasileiro não gosta de ler é cada vez mais questionável. Nos últimos meses, com a pandemia do coronavírus, o hábito de leitura foi inserido na rotina de alguns e reinserido na vida de muitos brasileiros. Prova disso é o aumento do consumo de e-books. Segundo levantamento da consultoria alemã Statista, o mercado de livros teve um movimento favorável ao digital no momento em que as pessoas ficaram reclusas em casa. A expectativa global do setor está projetada para chegar a mais de 15 milhões de dólares em 2020.

O Skeelo, maior app de e-books do país, viu seus números multiplicarem no último ano. De dezembro de 2019 até novembro de 2020 houve um aumento de 643% na base de clientes, saltando de 3 milhões usuários para mais de 28 milhões.

“O setor de livros digitais já vinha ganhando um impulso inédito em termos mundiais. A mudança de comportamento do brasileiro durante a pandemia refletiu significativamente no crescimento do negócio que fidelizou quem já era adepto da leitura digital, mas também conquistou quem não estava acostumado com o formato”, afirma Rafael Lunes sócio-fundador do Skeelo.

De 23 de março, data que marcou oficialmente o início do isolamento social, até 23 de novembro, o Skeelo registrou 770 mil livros baixados e leitura iniciada. “Comparado com o primeiro trimestre de 2020 até hoje houve um aumento de 780% na taxa de leitura”, complementa Lunes.

O app, que tem como principal objetivo democratizar o acesso à leitura no país, desde o início da pandemia está com uma ação especial para atender também quem não possui a ferramenta, oferecendo mais de 55 títulos gratuitos. As opções incluem desde clássicos literários até livros do renomado autor Augusto Cury que abordam os temas: ansiedade, depressão e estresse emocional. No total já foram distribuídos mais de 15 milhões de livros gratuitamente.

O Skeelo é um serviço disponibilizado como benefício aos clientes de telefonia pós-paga das operadoras Claro, Claro nxt, TIM, Oi e Algar Telecom, também tem parceria com o Banco do Brasil e empresas de TV por assinatura, como a Sky. O grande diferencial da ferramenta é oferecer um título best-seller a cada 30 dias, sendo possível a troca prévia, de acordo com o interesse pessoal de cada leitor. O catálogo inclui mais de 1000 títulos disponíveis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui